Royal Holiday selecionou seis destinos para apreciar um bom café e sentir a atmosfera e a intimidade de cada lugar

image006
O famoso Café Tortoni integra a lista

O café é uma das bebidas mais consumidas no mundo. Segundo dados da Organização Internacional do Café, é um dos mais valiosos produtos primários, com cerca de 72 países como produtores do grão. Para quem não perde a oportunidade de tomar uma xícara seja onde estiver, experimentar novos sabores, em diferentes países, pode ser uma boa experiência.

 Para quem é sócio da Royal Holiday, conhecer qualquer um desses destinos é mais fácil. Isso porque a empresa oferece um Clube de Férias para toda a família com uma grande variedade de destinos e hospedagem de alto padrão. O sistema funciona por meio de Créditos de Férias, que podem ser utilizados como o sócio preferir, por exemplo, distribuídos entre uma grande viagem de férias ou algumas escapadas curtas de fim de semana, planejando as viagens durante o ano. Confira outras informações sobre as hospedagem.

 Roma: café em um museu a céu aberto

Assim como os brasileiros, os italianos apreciam uma boa xícara de café. Por isso, são exigentes, priorizam o café bem tostado e moído, de melhor qualidade. Em Roma, os mais pedidos, além do café tradicional, são os que misturam a bebida com chocolate e chantili.

 O Tazza d’oro Caffé é um bar/cafeteria localizado em frente para o Pantheon. O ambiente é acolhedor e ótimo para comprar produtos como chocolates de café, café em grãos e uma seleção dos melhores grãos do tipo arábica. Experimente a famosa Granita de Café, espécie de raspadinha de gelo, com café meio doce e meio amargo, que acompanha chantili.

Nova York: uma cafeteria para cada um

É fácil encontrar um lugar para tomar café em Nova York. As cafeterias estão espalhadas pela cidade, desde aquelas que oferecem opções gourmets até as tradicionais. O Starbucks é uma delas. A rede mudou a forma como os americanos consomem café. Na década de 1970 e 1980, explorou novas formas de tomar a bebida além do café instantâneo.

Para os que preferem o café caseiro, a Mud Coffee é conhecida pelas bebidas com alto teor de cafeína. Além das opções mais tradicionais, há ainda o famoso café com amêndoas e deliciosas opções de muffins para acompanhar a bebida, que custam em torno de US$4 dólares (14 reais). No verão, o jardim está aberto para desfrutar a bebida ao ar livre.

Paris: cafés charmosos e regados de história

As cafeterias parisienses são quase um ponto turístico na França. A cultura do café atrai franceses e turistas que apreciam uma mesinha ao ar livre para ler, relaxar ou apenas observar o movimento das ruas.

O Le Café de La Paix é a mais tradicional da cidade, inclusive, a cafeteria foi declarada como local histórico pelo governo francês em 1975. Já foi frequentada pelos mais talentosos e influentes escritores do século 19, como Guy de Maupassant e Emile Zola. Fica ao lado do teatro Ópera Garnier e encanta pela arquitetura e ótimo café preto forte.

Istambul: para todos os gostos

As primeiras cafeterias da história de Istambul, como a Galata Konak Cafe, com vista para o Bósforo, servem o tradicional café turco, preparado a partir da moagem mais fina dos grãos. Para preservar o sabor, a bebida é colocada dentro da cezve (recipiente desenvolvido especialmente para o café turco). Em geral, a bebida é forte e vai bem ao paladar brasileiro.

Aqueles que preferem um ambiente mais descolado, vale conhecer a cafeteria Walter’s Roastery, inspirada no seriado Breaking Bad. Os baristas se vestem com trajes de Walter White e Jesse, além do local ter a decoração com itens que lembram cenas do seriado. Lá, os cafés são servidos em jarras como se fossem tubos de ensaio, e os cupcakes levam os famosos “cristais azuis” no topo (feitos de açúcar).

Londres: esqueça o chá

Chá da tarde? Esqueça. A cena do café em Londres cresceu nos últimos anos e hoje tornou-se fácil encontrar excelentes cafeterias que vendem os melhores grãos do mundo e oferecem bons cafés londrinos.

Uma das cafeterias apaixonantes da cidade é a Monmouth. Desde 1978, é um dos melhores lugares de Londres para comprar café e levar para casa. Os baristas são coffe hunters, que rodam o mundo visitando fazendas para ter contato direto com os produtores da América Latina, África e Ásia. Caso esteja em dúvida sobre qual grão comprar, eles oferecem uma dose generosa de amostra para garantir que o consumidor leve o seu café preferido para casa.

Buenos Aires: café como patrimônio cultural

Os charmosos cafés em Buenos Aires são uma ótima opção de passeio para conhecer a cidade como um verdadeiro portenho. Os estabelecimentos mais famosos estão relacionados com fatos ou atividades culturais importantes. Algumas cafeterias, inclusive, fazem parte do Patrimônio Cultural da Cidade.

O famoso Café Tortoni faz parte dessa lista. Localizado na Avenida 25 de Maio, é considerado uma lenda nacional. Com ótimos baristas que estão sempre dispostos e explicar qual tipo de alimento combina com cada café, no local também são servidos chás e submarinos (leite quente com uma barra de chocolate dentro). Além de aproveitar um café quentinho moído na hora, é possível explorar a biblioteca instalada no local. (Burson-Marsteller)