Com 164.283 habitantes, segundo dados do Senso 2010 do IBGE, a região Noroeste de Goiânia possui 75 bairros que abrigam 12,61% da população total da capital. É a terceira região com maior densidade demográfica, com um índice de 3,5 habitantes por Km², sendo superada somente pelas regiões Central e Sul, que têm densidade acima de cinco habitantes por Km². Nos últimos anos tem experimentado um forte crescimento econômico e urbano e que tem gerado uma demanda imobiliária cada vez maior.

Para atender o público dessa região, a URBS RT Lançamentos Imobiliários, uma das maiores imobiliárias do Estado,  abre no próximo dia 7 uma nova loja que funcionará por 60 dias piso térreo do Shopping Cerrado. “Nossa intenção é aproveitar, principalmente, esse período de férias no mês de julho, já que é quando as pessoas costumam ter uma maior disponibilidade para procurar um imóvel”, explica Ricardo Teixeira, diretor da URBS RT.

Com o nome de URBS RT Store, a nova unidade propõe um conceito  de shopping de imóveis, devido à variedade de opções que a empresa oferece naquela região e em outras próximas, com destaque para os residenciais, Reserva Jaraguá, na Vila Jaraguá; o Parque Morumbi, próximo a saída de Inhumas; o Parque Imperial (em Aparecida de Goiânia) e outros grandes empreendimentos no Goiânia 2.

“Estamos abrindo essa nova loja da URBS RT muito em virtude do desenvolvimento imobiliário que vem se tendo naquela região. Desenvolvimento esse que foi impulsionado recentemente com a implantação de dois grandes shoppings, o Passeio das Águas e mais recentemente o Shoppings Cerrado”, afirma Ricardo.

Desde a década de 70, o noroeste de Goiânia teve um crescimento intenso, porém marcado por décadas pela irregularidade fundiária. Mas hoje, a região é um dos mais novos eixos de desenvolvimento econômico e urbano da cidade. Nos últimos anos, além de ter praticamente todos seus parcelamentos regularizados, recebeu e está recebendo grandes obras de infraestrutura como a duplicação e iluminação de rodovias próximas, construção de viadutos e o BRT, moderno corredor de transporte que ligará a capital de norte a sul e que deve ter sua primeira fase entregue até o final deste ano. No final do ano passado, a região passou a ser a sede do segundo maior hospital de urgências da região metropolitana o Hugol (Hospital de Urgências Governador Otávio Lage de Siqueira).

“Todas essas transformações urbanas, além da implantação de dois grandes shoppings, fazem com essa parte da cidade tenha uma crescente demanda imobiliária em virtude de famílias de trabalhadores e empresas que estão indo para essa região, atraindo cada vez mais empreendimentos residencias e comerciais de qualidade”, afirma Ricardo Teixeira. (COMUNICAÇÃO SEM FRONTEIRAS )