Grupo NorthON –Sharing Innovation atuará no mercado com o intuito de oferecer suporte aos empreendedores na gestão estratégica, desde o planejamento ao acompanhamento dos resultados

Transformar negócios incipientes com potencial de escala em empresas rentáveis e globais, por meio da gestão estratégica e do empoderamento de talentos. Este é um dos objetivos do Grupo NorthON, organização que atuará no mercado goiano e nacional como aceleradora de startups e de negócios inovadores. “Além de investir nos negócios em troca de participação, a organização assume a gestão, dando suporte aos empreendedores, desde o planejamento à implantação da estratégia. Nós colocamos a mão na massa junto com os empreendedores e traçamos a estratégia, o planejamento e desdobramos as ações em indicadores e metas para cada setor”, afirma Chris Taveira, presidente do Grupo NorthON – Sharing Innovation.

De acordo com ela, além de operar junto aos empreendedores, o Grupo NorthON também ajuda as empresas tradicionais a desconstruir seus problemas para repensar soluções, por meio de workshops e laboratórios de inovação. “Nosso processo de seleção também é diferente. Não abrimos nenhum edital, pois estamos sempre observando o mercado em busca de boas oportunidades. Quando encontramos produtos com potencial e empreendedores que tenham valores similares aos nossos, colocamos para dentro, com a condição de assumirmos a gestão e as métricas de acompanhamento”, enfatiza.

Negócios
O Grupo NorthON possui duas startups em seu portfólio (BobsJet e MatchVision), cada uma com R$ 100 mil de investimento inicial, e mais uma em negociação no segmento de saúde e fitness. O BobsJet é um equipamento inovador, que faz o uso de ‘bobes’ para secar e modelar os cabelos sem danificar os fios. A presidente do grupo ressalta que entre as metas para 2017 estão a industrialização do BobsJet e o lançamento para o mercado até o final do ano. “Já para 2018, estimamos um faturamento de R$ 2 milhões para o BobsJet e nosso objetivo é que as três startups do nosso portfólio cresçam 15% ao mês e que tenhamos um faturamento acumulado de R$ 2,7 milhões”, acrescenta.

Chris reforça que o grupo pretende trabalhar com um portfólio enxuto para acompanhar de perto todos os projetos, garantindo, assim, a execução da estratégia e uma cultura focada em resultados. “Em 2018, pretendemos ainda estruturar um Fundo de Investimento para aumentar os aportes iniciais e as equipes de gestão e cultura organizacional”, relata.

Para alcançar todos esses objetivos, o grupo NorthON conta com equipe de 21 colaboradores nas áreas de Desenvolvimento de Produto (Engenharia e Design Industrial), Marketing, Comunicação, Gestão, RH, Vendas, Financeiro e Tecnologia da Informação. A organização também possui ampla infraestrutura no Brookfield Tower, no Jardim Goiás, em Goiânia (GO), com um dos escritórios mais elegantes da cidade. “A empresa estará sempre de portas abertas para receber empreendedores, investidores e empresários que queiram conhecer nosso modelo”, diz.

Histórico no mercado
O grupo NorthON existe desde 2014, com outro nome, e operou no mercado até 2016 como Consultoria em Gestão Estratégica, atendendo diversas empresas privadas em Goiânia e Brasília, e também entidades do setor público. Reestruturou seu modelo de negócio no início de 2017, inspirada pelo programa de TV “O Sócio”. O CORE do grupo era o Programa de Desenvolvimento da Gestão (PDG), aplicado em empresas de diferentes segmentos, que por meio de uma metodologia da Harvard Business School, desenhava a estratégia das corporações num processo de co-criação e a desdobrava até sua implantação e acompanhamento por reuniões de resultados. “Desde 2012 tenho participado, investido e acompanhado o ecossistema de inovação no país, e agora redimensionamos nossa expertise em gestão para acelerar startups”, afirma. (Voltz Comunicação)