Times Comunicação

Nara Bueno apresentará seu livro Pequeno Manual das Mulheres no Poder na Arena Cultural da Bienal do Livro de São Paulo, que neste ano será virtual, em uma mesa a ser realizada no dia 10 de dezembro, às 11 horas

A advogada eleitoralista Nara Bueno foi convidada a participar da Bienal do Livro de São Paulo, que será realizada de forma virtual, em virtude da pandemia de Covid-19, neste mês de dezembro. Nara vai apresentar seu livro Pequeno Manual das Mulheres no Poder, um verdadeiro curso de formação política para mulheres, durante uma mesa de debates que será realizada no dia 10 de dezembro, às 11 horas, como parte da programação da Bienal de São Paulo. A obra traz pontuações importantes sobre a democracia, a igualdade de gêneros e o feminismo.

Com 35 anos, Nara Bueno sempre teve como base para sua vida a sororidade. Não apenas ao apoiar causas feministas, Nara também ajuda outras mulheres a alcançarem cargos de poder, lutando pela igualdade de gêneros. Por isso, ela decidiu juntar o seu conhecimento à sua vontade, escrevendo o livro Pequeno Manual das Mulheres no Poder. “Este é um livro que pode ser lido de diversas maneiras, como: um guia prático para candidatas às eleições, uma conversa pessoal comigo, que sou uma contadora de boas histórias por vocação, ou ainda como uma forma de ampliar conhecimentos sobre a relevância da representatividade feminina em todos os âmbitos da vida, sobretudo na política”, pontua a escritora.

Por ver, diversas vezes, mulheres sendo colocadas em cargos inferiores à sua capacidade, Nara traz no livro um autêntico curso de formação política para mulheres e para todos aqueles que se interessam pelo tema. Nara Bueno traça um breve histórico da democracia, passando pela Grécia Antiga, Revolução Norte-Americana, Revolução Francesa e pelo período sombrio da ditadura de 1964 no Brasil; trata de questões incômodas como o porquê de as mulheres não terem direitos, a ciência como ferramenta de validação de discursos excludentes e a dominação masculina e o patriarcado; e reflete sobre pontos de vista polêmicos como: afinal, um homem pode ser feminista?

É um livro imperdível para todos que queiram entender e discutir a política. “Não podemos apenas sempre falar sobre má gestão, interesses espúrios, desonestidade e corrupção. A Democracia não se limita a esses temas. A verdadeira política envolve o engajamento com um mundo melhor, mais equilibrado, justo e igualitário, garantido a inclusão de mulheres e, com isso, o pleno exercício e implementação da democracia”, ressalta a advogada.

O Pequeno Manual das Mulheres no Poder pode ser adquirido pelos sites: matrioskaeditora.com.brlivrarialoyola.com.br e amazon.com