(créditos: Gabriel Lara)

Larissa Mundim / zeroum comunicação

Escrito e ilustrado pela artista visual e designer gráfico Luana Santa Brígida, o “Álbum de figurinhas: aves na Chapada dos Veadeiros” conta histórias, hábitos e apresenta características de 30 aves, destacando algumas ameaçadas de extinção e espécies endêmicas também, ou seja, aquelas que vivem apenas no Cerrado. Publicado pela NegaLilu Editora, com apoio da Lei Municipal de Incentivo à Cultura, o lançamento está programado para 15 de dezembro (terça), às 19 horas, nos canais @negalilu e @negalilueditora no Facebook e Youtube.

Leitores vão saber, entre tantas outras coisas, que, ameaçado de extinção pelo desmatamento está o Galito, que canta baixinho, investe no contato visual, tanto para demarcar território quanto para paquerar outros de sua espécie. Já a Seriema, tem um canto famoso, que pode ser ouvido a mais de um quilômetro de distância, sempre acompanhado de um gesto só dela ─ a cabeça reclinada para trás, como se fosse uma longa risada. Por meio destas histórias, leitores de todas as idades passam a conhecer aspectos físicos, hábitos e curiosidades sobre cada personagem.

Diante de ameaças ambientais diversas, segundo Santa Brígida, o “Álbum de figurinhas: aves na Chapada dos Veadeiros” busca aproximar as pessoas da fauna e da flora do Brasil Central, “apostando que este contato divertido e instrutivo possa provocar empatia e consciência de preservação”. Uma estratégia utilizada pela autora é convidar leitores e leitoras a ajudarem as aves a “voltar para casa” encontrando seu habitat intacto.

Por isso, o cenário onde leitores e leitoras poderão colar os adesivos das aves também é destaque no projeto editorial. Da mata densa até o campo limpo, passando pelas veredas, pode-se apreciar a vegetação nativa como a copaíba, pequi, buriti, canela-de-ema, chapéu-de-couro, chuveirinho. Tanto a flora quanto a fauna representadas têm nome científico e popular informados.

A publicação é bilíngue, composta por um guia de campo, 60 adesivos, cenário ilustrado com quase 2 metros de comprimento, além do envelope onde todas as peças são guardadas. Para a NegaLilu Editora, o projeto é uma “super produção”, considerando o trabalho de pesquisa e execução, o primoroso resultado final de ilustração, a equipe profissional reunida e a produção gráfica.

“Este álbum de figurinhas tem status de livro, porque, além do aspecto ilustrativo exuberante presente no trabalho, Santa Brígida também pesquisou e escreveu, em primeira pessoa, sobre as 30 espécies protagonistas do projeto”, comenta Larissa Mundim, coordenadora editorial. 

A pesquisa de Santa Brígida se iniciou há sete anos e, para a publicação do álbum de figurinhas, a autora construiu o perfil divertido e cientificamente coerente de cada ave, contando com consultoria técnica da bióloga Vívian Braz. A história delas foi traduzida para o inglês pela revisora e tradutora Janaynne Carvalho do Amaral, permitindo acesso ampliado por leitores e leitoras de todo o mundo, que têm curiosidade pela Chapada dos Veadeiros e que visitam com frequência a região de Alto Paraíso e a Vila de São Jorge, bem como o município de Cavalcante e São João d’Aliança.

Na composição da equipe, a NegaLilu Editora também destaca a consultoria editorial dada pela premiada ilustradora e ex-professora da UFG, Ciça Fittipaldi, que acompanha este trabalho de pesquisa de Santa Brígida desde a graduação na Faculdade de Artes Visuais (FAV-UFG). A edição do texto e coordenação editorial quem assina é Larissa Mundim, que trouxe para o projeto uma profissional fundamental diante da complexidade do projeto, a produtora gráfica Lília Góes, atuante no mercado editorial de São Paulo e em todo o país.

Sobre a autora

Designer gráfico, Luana Santa Brígida atua principalmente nas áreas de editorial e ilustração. Graduada pela Universidade Federal de Goiás (UFG), se especializou em Design Editorial pelo Centro Universitário IESB, em parceria com IED, integrou o programa de intercâmbio internacional na Università per Straniere di Perugia (IT).

Sua dedicação especial à temática ecológica encontra no Cerrado, sobretudo na Chapada dos Veadeiros, um espaço fértil de afeto e luta. Curiosa sobre as particularidades do bioma, se aproxima da pesquisa científica com olhar poético, ao se embrenhar cada vez mais profundamente em refúgios de área verde. E o interesse ingênuo pelo retrato da mata passa a perceber a ancestralidade que povoa as trilhas percorridas. 

No campo acadêmico, seu mestrado na Universidade de Brasília (UnB) reflete sobre estratégias socioambientais, por meio do diálogo intercultural, que ecoam a sabedoria de povos tradicionais, em especial o Quilombo Kalunga.

SERVIÇO

Lançamento: “Álbum de figurinhas: aves na Chapada dos Veadeiros” de Luana Santa Brígida

15 de dezembro (terça), às 19 horas

@negalilu e @negalilu editora no Facebook e Youtube

Preço: R$ 50,00

Pontos de venda: O Jardim, Livraria Palavrear e Pomar Livraria, em Goiânia. Também disponível nas lojas virtuais: www.negalilu.com.br e www.luanasantabrigida.com