Programação especial vai ao ar até dia 1º de janeiro
 

chico-teixeira-e-sergio-reis
Na virada do ano, a TV Cultura exibe o show inédito Raízes Sertanejas, com Chico Teixeira e Sérgio Reis

A programação continua especial na TV Cultura na semana de Ano Novo. Entre as atrações há o Quintal da Cultura com a participação da Banda Mirim, o Cultura Livre com Nação Zumbi, a Retrospectiva 2016, o Metrópolis Especial Alemanha e o show Raízes Sertanejas com Sérgio Reis e Chico Teixeira. Há ainda novas temporadas das séries Vamos Pedalar e Figuras da Dança.

Até sexta-feira (30/12), às 9h e 14h, serão exibidos episódios do Quintal da Cultura Especial de Ano Novo, incluindo um super show com a Banda Mirim. No sábado (31), vão ao ar todos os episódios de uma só vez, nos mesmos horários.

Na quarta-feira (28/12), às 22h, o programa Cultura Livre traz uma edição com a banda Nação Zumbi, com uma hora de duração e a participação de plateia. No repertório, Defeito Perfeito, Foi de Amor, Meu Maracatu Pesa 1 Tonelada, Um Sonho, Um Satélite na Cabeça, Banditismo Por Uma Questão de Classe, Maracatu Atômico e A Melhor Hora Da Praia. A atração ganha um horário alternativo no dia 1º de janeiro, às 19h.

Se a vida é feita de encontros e desencontros, esta edição do Papo de Mãe é feita de Reencontros. O episódio inédito de Ano Novo mostra que há tempo de reunir parentes e amigos que vivem distantes, sempre, e que a festa da virada também é de esperança para famílias que sonham em reencontrar parentes desaparecidos. O programa, comandado por Mariana Kotscho e Roberta Manreza, vai ao ar no sábado (31/12), às 10h.

Para o público rever e entender os fatos e acontecimentos que marcaram 2016, um ano intenso no Brasil e no mundo, o Jornalismo da TV Cultura leva ao ar no dia 31, às 20h, a Retrospectiva 2016. Política, economia, saúde, educação e esportes estão entre os temas que mexeram com a vida do brasileiro no ano do impeachment, da prisão de ex-governadores, do aumento do desemprego, das Olimpíadas, da controversa eleição americana e da tragédia com o time da Chapecoense. Os fatos mais importantes serão analisados por um time de comentaristas do Jornal da Cultura, formado por Arlene Clemesha, professora de história árabe da USP; Gaudêncio Torquato, consultor político; João Marcello Bôscoli, produtor musical; Marco Antônio Villa, historiador; Paulo Saldiva, vice-diretor de Estudos Avançados da USP; e Ricardo Sennes, coordenador do Grupo de Pesquisas Internacionais da USP. A apresentação é do jornalista Willian Corrêa.

A partir das 21h30, o programa Clássicos leva ao ar o tradicional Concerto da Filarmônica de Viena no Musikverein em Viena, regido por Mariss Jansons.

E na virada do ano, à meia-noite, a TV Cultura exibe o show inédito Raízes Sertanejas, com Chico Teixeira e Sérgio Reis. Gravado no Auditório Ibirapuera, o espetáculo conta com participação especial de Renato Teixeira, Gabriel Sater e Irene Atienza. O show resgata temas clássicos da música raiz, como Canção da Meia-Noite, Boiadeiro Errante, Menino da Porteira, entre outras composições tradicionais.

No dia 1º de janeiro (domingo), às 17h, estreia a segunda temporada inédita da série Vamos Pedalar. Em 13 episódios, o programa mostra o cotidiano de quem usa bicicletas, incentivando a mobilidade urbana e a conscientização dos ciclistas.

O primeiro dia do ano ainda terá o Metrópolis Especial Alemanha, às 20h. A atração apresenta um programa especial com uma hora de duração sobre a arte e cultura da Alemanha. Embora carregada de história, o programa identifica aspectos contemporâneos de cinco cidades: a capital Berlim, as históricas Dresden e Leipzig e as pequenas cidades de Halle e Markneukirchen, esta última encravada numa montanha próxima da fronteira com a República Checa.

Há ainda o documentário inédito Figuras da Dança sobre a carreira de José Possi Neto, diretor de teatro-dança, iluminador, cenógrafo e figurista. Dirigido por Inês Bogéa, o programa mostra a trajetória do homenageado e revela histórias dessa arte. Vai ao às 21h(Alexani Barbosa)