Noite cult proporcionará aos presentes variadas intervenções durante recital de poesias de artista goiana e desfile de coleção de designer de moda

image001

Seguindo seu objetivo inicial, de fomentar a cultura nacional e valorizar os artistas brasileiros e, em especial, produção artística goiana, o Espaço Opus Cultural recebe na próxima quinta-feira (18) convidados para evento de Arte e Moda que terá como anfitriãs a poetisa Cláudia Machado e a designer Ana Christina da Rocha Lima. A noite cult contemplará os presentes com diferentes interações e manifestações de arte.

No evento, as poesias do Livro do Depois, de autoria de Cláudia Machado, lançado em Goiás e apresentado no Festival Internacional de Cinema e Arte de Asolo, Itália, em 2015, serão interpretadas durante diferentes intervenções: Flash Mob com as atrizes da Cia. Teatral Gradiva Centro Cultural e apresentação surpresa da coleção de roupas Ana de Helios inspiradas nos poemas. A noite contará ainda com o dançarino Adriano Garibaldi que também fará uma apresentação de tango e o Coral do Gradiva Centro Cultura, regido pelo maestro Sergio de Paiva. O evento terá buffet assinado pelo Empório Danillo Perillo, que elaborou cardápio exclusivo também inspirado nos poemas.

A coleção com estampas exclusivas da Ana de Hélios, criada pela designer Ana Christina da Rocha Lima, inspirada nos poemas do Livro do Depois, são peças que seguem o princípio do Fair Trade, Comércio Justo, oferecendo o produto diretamente do produtor ao cliente final, sem intermediação, para clientes afinadas com a valorização de produtos de design duráveis e atemporais e da nossa cultura. As peças trazem também as características do Slow Fashion, um contraponto ao Fast Fashion (consumo imediato e descartável), com o propósito de oferecer peças atemporais, com desing e material de qualidade, para que as mesmas sejam usadas por muitos anos. Seguindo os mesmos princípios, a Ana de Helios compõe os looks com os acessórios da designer goiana Eleonora Hsiung.

“Esperamos que as apresentações propiciem uma surpresa e a aproximação do público com a poesia, como no tango, dança que traduz muito bem a paixão que permeia todos os poemas”, adianta a autora Cláudia Machado sobre a noite.