Pesquisa realizada pela Ticketbis em oito países, inclusive no Brasil, identifica a valorização que os fãs dão aos artistas e bandas que ficam algum tempo sem fazer shows.  Maior exemplo é o da cantora Adele cujo preço do ingresso de uma turnê para outra valorizou em 238,15%

 

Pesquisa realizada pela Ticketbis, plataforma de revenda de ingressos, recentemente adquirida pela StubHub, realizada com 1.000 usuários, em oito países — Estados Unidos, Reino Unido, Espanha, Itália, Alemanha, Brasil, México e Argentina — teve como objetivo saber os efeitos da popularidade e na busca por ingressos de alguns artistas/bandas que ficaram algum tempo sem fazer shows.

Para a pergunta “Pagaria mais por um show de um artista que está há tempos sem se apresentar?”, 72% dos brasileiro disseram estar dispostos a pagar mais por um ingresso.  A média global de respostas afirmativas para essa pergunta, entre os norte-americanos, britânicos, alemães, italianos, brasileiros, espanhóis, mexicanos e argentinos, foi de 57%.

O melhor exemplo do que foi identificado nessa pesquisa é a valorização da britânica Adele: o preço médio dos ingressos para sua turnê atual, que passará pelo Brasil em 2017 está custando 238% mais comparando com turnê anterior.

Rihanna (+6,80%), Bruce Springsteen (+15,14%, Maroon 5 (+31,54%) e Selena Gomez (+63,48%) são alguns dos artistas cujas apresentações ao vivo tem custado mais este ano. Mesmo assim, em alguns casos, a lealdade dos seguidores foi incapaz de impedir cancelamentos como foi no caso da Selena e Rihanna.

Por outro lado, o valor de mercado de artistas como Paul McCartney (-20,67%%), Justin Bieber (-9,81%) e  Muse (-5,35%),  diminuiu em relação às turnês anteriores. Veja na tabela a seguir a variação desses e outros artistas/bandas que realizaram turnê este ano.

GRUPO / ARTISTA PREÇO MÉDIO (EUROS)
TURNÊ 2016
ANO DA TURNE
ANTERIOR
PREÇO MÉDIO
(EUROS)
VARIAÇÃO DE PREÇO ENTRE
AS TURNÊS
ANOS DE PAUSA
ENTRE AS TURNES
Adele 288,04 2011 85,18 238,15% 5
Beyoncé 165,00 2014 171,06 -3,54% 2
Bruce Springsteen 155,23 2013 134,82 15,14% 3
Coldplay 191,06 2012 191,06 0% 4
Justin Bieber 176,56 2013 195,77 -9,81% 3
Maroon 5 186,12 2014 141,49 31,54% 2
Muse 119,68 2015 126,45 -5,35% 1
Paul McCartney 189,61 2015 239,00 -20,67% 1
Red Hot Chili Peppers 148,15 2014 148,26 -0,07% 2
Rihanna 119,91 2013 112,28 6,80% 3
Rolling Stones 261,96 2014 261,85 0,04% 2
Selena Gómez 137,52 2014 84,12 63,48% 2

Além do principal motivo de pagar mais para ver aqueles ídolos que há algum tempo não se apresentam para o público, os fãs pesquisados também justificaram a disposição de investir mais nos ingressos porque: os integrantes originais do grupo voltaram a se reunir para o show (24,95%); e o artista ou grupo tem tanto significado para ele/ela que não se importa em pagar mais para vê-los ao vivo (21,24%); os membros do grupo estão com idade avançada e pode ser a última turnê deles (15,45%); é um ingresso de “meet-and-greet” (12,64%). Apenas 16,63% do universo pesquisado respondeu não estaria disposto a gastar mais. (Sônia Monfil Cardona)