Lupa Comunicação

(divulgação)

Os músicos Geraldo Azevedo e Tulipa Ruiz e o executivo Paulo Junqueiro são alguns dos nomes da programação da semana, que contribui com fundo criado pela UBC em parceria com o Spotify voltado ao auxílio financeiro de profissionais do meio musical durante a pandemia

Promovida desde o começo da quarentena no Instagram da União Brasileira de Compositores, a Janela UBC é uma série de lives que faz a integração entre artistas e profissionais do meio musical com o público geral. Nesta semana, os convidados são Rafael Mike, Paulo Junqueiro, Tenison del Rey, Jorge Zarath, Gustavo Ruiz, Tulipa Ruiz e Geraldo Azevedo, que serão entrevistados de segunda a sexta-feira, às 16h, através do Instagram da organização, no link (http://www.instagram.com/ubcmusica/).

Idealizado pela UBC o fundo Juntos Pela Música é voltado para auxiliar financeiramente profissionais da indústria musical que tiveram suas fontes de renda afetadas pela pandemia do novo coronavírus. Contabilizando seis meses de campanha, arrecadaram mais de R﹩ 1,7 milhão doados através da plataforma de crowdfunding Benfeitoria, e agora estão coletando por meio de depósito direto para a instituição. A cifra conquistada está sendo capaz de ajudar aproximadamente 1.057 famílias por 4 meses, e foi alcançada devido ao apoio advindo da parceria de matchfunding feita com o Spotify, que até o dia 9 de agosto dobrou os valores recebidos em doações como parte de seu programa global chamado Covid-19 Music Relief.

Nesta semana a Janela UBC traz uma novidade: tradicionalmente realizada de terças a sextas-feiras, agora contará com um novo quadro, o “Música Preta Importa”, que acontecerá todas as segundas-feiras. Apresentado pela cantora Sandra de Sá, focará em entrevistas da artista com expoentes da cultura negra no país. O primeiro convidado foi o roteirista, compositor, cantor e diretor musical Rafael Mike, conhecido por ser uma das figuras fundamentais para o crescimento do funk carioca nos últimos anos e por seu trabalho com o grupo Dream Team do Passinho.

A série de entrevistas continua na terça-feira, 22, com a conversa entre a Gerente de Comunicação da UBC, Elisa Eisenlohr, e Paulo Junqueiro, atual presidente da Sony Music no Brasil. Nascido em Coimbra e radicado no Brasil, trabalha na indústria musical há 38 anos, tendo iniciado sua carreira como assistente de estúdio. Colaborou com Liminha no estúdio Nas Nuvens e criou na década de 1990 um dos primeiros estúdios de masterização do país, o Magic Master. Seu currículo acumula passagens pelos boards executivos da Warner Music Brasil e EMI Brasil e Portugal, além da Sony Music Portugal, bem como o papel de jurado no programa The X-Factor Portugal. Ao longo de sua carreira contabiliza 44 discos de ouro, 21 discos de platina, 11 discos multiplatina e um Grammy pela produção do álbum “Quanta Live”, de Gilberto Gil.

Os convidados de quarta-feira, 23, são Tenison del Rey e Jorge Zarath. O músico e escritor baiano Manno Goés entrevistará os artistas por trás de composições que foram eternizadas nas vozes de grandes nomes da música nordestina como Elba Ramalho, Ivete Sangalo, Daniela Mercury, Gal Costa e Bell Marques, verdadeiros hinos do axé music e do forró.

Na quinta-feira, 24, a cantora Paula Lima conversará com os irmãos Gustavo e Tulipa Ruiz. Filhos do guitarrista Luiz Chagas, integrante da banda de Itamar Assumpção, cresceram rodeados por música e conquistaram público e crítica alternativa em 2010, com o lançamento do álbum de estreia de Tulipa, “Efêmera”, produzido por Gustavo. A parceria continuou ao longo dos anos, rendendo bons frutos, como o Grammy Latino em 2015 de Melhor Álbum de Pop Contemporâneo Brasileiro, com o disco “Dancê”.

A semana se encerra na sexta-feira, 25, quando o produtor Geraldo Vianna entrevistará o cantor, compositor e violonista pernambucano Geraldo Azevedo. Um dos grandes nomes da MPB, coleciona parcerias com artistas como Alceu Valença, Zé Ramalho e Elba Ramalho, sendo o autor de sucessos como “Dia Branco” e “Táxi Lunar”. O artista teve seu primeiro contato com o violão aos cinco anos de idade e veio para o Rio de Janeiro quando jovem para dar prosseguimento à sua carreira musical, a qual tem 25 álbuns e discos de platina.

Sobre o fundo “Juntos Pela Música”

A pandemia do Covid-19 acertou em cheio a indústria da música. A proibição da realização de eventos estancou quase por inteira a fonte de renda de milhares de artistas. A crise afeta também a arrecadação de direitos autorais por execução pública, que terá queda de R﹩ 140 milhões em 3 meses, segundo o Ecad. Diante deste cenário, a União Brasileira de Compositores (UBC) e o Spotify lançam o fundo “Juntos Pela Música”, que remunerará artistas que enfrentam dificuldades financeiras. O fundo nasceu com R﹩ 1 milhão, sendo R﹩ 500 mil da UBC e outros R﹩ 500 mil do Spotify, destinados a milhares de artistas afetados pela quarentena.

Para ampliar o alcance dos benefícios, as entidades abriram a campanha para doações da sociedade civil, através de uma plataforma de crowdfunding, a Benfeitoria, mas já alcançaram a meta estipulada no início do projeto, que conseguiu apoiar 1.057 famílias. Agora a campanha segue para a fase dois: aqueles que quiserem continuar contribuindo com a causa poderão fazer suas doações por meio de depósito direto para a organização, por meio da conta da UBC no Banco Santander: agência 0057, conta corrente 13005545-5, CNPJ 33.576.166/0001-00. Após a doação, solicita-se que seja enviado um comprovante para o e-mail comunicacao@ubc.org.br, para que o valor seja contabilizado.

O movimento faz parte do projeto global “Spotify COVID-19 Music Relief”. A empresa irá igualar as doações arrecadadas via crowdfunding, em parceria com a UBC, para atender os artistas. Neste caso, o Spotify se compromete a equiparar a doação em 1:1. Para cada real doado pela sociedade, a empresa doará o mesmo valor, além do aporte inicial de R﹩ 500 mil, até o limite do seu programa global de ajudas do gênero.

Atualmente, a campanha já soma mais de R﹩1,6 milhão. O valor arrecadado ajudará 1.057. 896 músicos já foram aprovados para receber o benefício de R﹩1.600, divididos em 4 parcelas.

Sobre a UBC

A União Brasileira de Compositores – UBC é uma associação sem fins lucrativos, dirigida por autores, que tem como objetivo principal a defesa e a promoção dos interesses dos titulares de direitos autorais de músicas e a distribuição dos rendimentos gerados pela utilização das mesmas, bem como o desenvolvimento cultural.

A UBC foi fundada em 1942 por autores e atua até hoje com dinamismo, excelência em tecnologia da informação e transparência, representando mais de 30 mil associados, entre autores, intérpretes, músicos, editoras e gravadoras. Para mais informações: Elisa Eisenlohr: elisa.eisenlohr@ubc.org.br / Whatsapp: (21) 99746-4047

SERVIÇO – JANELA UBC

Transmissão: http://www.instagram.com/ubcmusica/

Data: 21/09 (segunda-feira)

Horário: 16 horas

Convidados: Sandra de Sá e Rafael Mike

Data: 22/09 (terça-feira)

Horário: 16 horas

Convidados: Elisa Eisenlohr e Paulo Junqueiro

Data: 23/09 (quarta-feira)

Horário: 16 horas

Convidados: Manno Goés, Tenison del Rey e Jorge Zarath

Data: 24/09 (quinta-feira)

Horário: 16 horas

Convidados: Paula Lima, Gustavo Ruiz e Tulipa Ruiz

Data: 25/09 (sexta-feira)

Horário: 16 horas

Convidados: Geraldo Vianna e Geraldo Azevedo