Evento realizado pelo Seac e Sindesp, em parecia com a Apae de Aparecida de Goiânia, vai recrutar profissionais interessados nas áreas de limpeza e vigilância

No dia 18 de setembro, os Sindicatos das Empresas de Segurança Privada e de Transporte de Valores (Sindesp) e das Empresas de Asseio e Conservação (Seac) de Goiás promovem o Dia de Cidadania. O objetivo é oferecer 1.500 vagas de emprego para portadores de deficiência. O evento será realizado em parceria com a Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae) de Aparecida de Goiânia, que vai auxiliar no preenchimento das vagas e também nas capacitações para os futuros colaboradores.

O evento começa às 8h30 e tem palestra confirmada da secretária de Políticas para Pessoas com Deficiência e Mobilidade Reduzida, Cidinha Siqueira. Durante todo o dia, será realizado cadastro das pessoas interessadas para preenchimento de 1.000 vagas para auxiliar de serviço de limpeza e 500 para vigilante. A Apae de Aparecida de Goiânia foi a entidade escolhida para capacitar os profissionais interessados em parceria com a Escola Tiradentes, para os vigilantes, e com a Bering Consultoria, Marketing e Capacitação Profissional, para a área de limpeza e conservação.

Nove associações de deficientes foram convidadas a participarem do evento. Também foram convidados a procuradora-chefe do Ministério Público do Trabalho, Janilda Guimarães de Lima, e o superintendente Regional do Trabalho e Emprego em Goiás, Arquivaldo Bites Leão Leite, e os relatores da Lei Brasileira de Inclusão, aprovada neste ano, a deputada Mara Gabrilli (PSDB-SP) e o senador Romário (PSB-RJ). No evento, para integrar a ação de cidadania, e em comemoração ao Dia da Árvore (21 de setembro), serão distribuídas aos presentes mudas de árvores, com o objetivo de conscientizar a sociedade quanto ao uso correto do meio ambiente.

“A ação de recrutamento permite que as empresas apresentem suas ofertas de trabalho para os profissionais com deficiência com o intuito de promover a inclusão social e cumprimento da lei de cotas”, afirma o presidente da Federação Nacional das Empresas de Serviços e Limpeza Ambiental (Febrac) e do Seac Goiás, Edgar Segato Neto. Por lei, as empresas com mais de 100 funcionários são obrigadas a manter uma cota que varia de 2% a 5% de colaboradores portadores de alguma deficiência em seu quadro. Porém, alguns entraves fazem com que empresas não consigam preencher estas vagas, como a falta de escolaridade e qualificação, e ainda a desinformação por parte dessas pessoas que desconhecem possuir potencial e condições para estar no mercado de trabalho.

Ação nacional

A iniciativa do Seac e Sindesp faz parte da 8ª Ação Nacional Febrac – Limpeza Ambiental, que será realizada em todo o Brasil. O evento é promovido pela Febrac em parceria com os Sindicatos Estaduais Associados. Em Goiás, a novidade é a participação do Sindesp, que vai ofertar vagas para vigilantes. O Ato de Cidadania será realizado em todo o País, com o objetivo de recrutar para contratação profissional de pessoas com deficiência e beneficiários reabilitados, pessoas que tenham cumprido o Programa de Reabilitação Profissional pelo Instituto Nacional de Seguro Social (INSS) e que, ao final do programa, recebem um certificado que lhe garante esta condição.

Neste ano, as empresas do setor de limpeza disponibilizaram 8 mil vagas em todo o Brasil. Para Edgar Segato, “esta é uma oportunidade para mais de 44 milhões de pessoas com algum tipo de deficiência no Brasil conquistar um trabalho, e se estende também para as empresas que sentem dificuldade em contratar pessoas com deficiência, principalmente para cargos que não são administrativos”. (Kasane Comunicação)

SERVIÇO:

Ato de Cidadania

Data: 18 de setembro (sexta-feira)

Horário: das 8h30 às 11h30 e das 14h30 às 17h30

Palestra Cidinha Siqueira: 9h30 / Tema: “Papel das Empresas no Processo de Inclusão da Pessoa com Deficiência no trabalho”

Local: Seac/Sindesp-Goiás

Endereço: Rua dos Bombeiros nº 128, Parque Amazônia, Goiânia-GO

Informações: 3089-1212