Obra da ciclovia já foram inciadas, entre a Praça do Cigano e o entroncamento da Assis Chateaubriand com Avenida T-7

421916113425926A Prefeitura de Goiânia está construindo a nova ciclovia na Avenida Assis Chateaubriand. As obras, iniciadas no último sábado, 04, vão interligar a Praça do Cigano à Avenida T-7, articulando o espaço para ciclistas com o corredor preferencial de ônibus T-7.A ciclovia terá 600 metros de extensão no trecho entre a Praça do Cigano e o entroncamento das avenidas Assis Chateaubriand e T-7. A previsão é de que o projeto seja concluído em 30 dias. Durante a construção da ciclovia, a pista de rolamento à esquerda do canteiro central será interditada para a circulação de técnicos e máquinas.O diretor técnico da Companhia Metropolitana de Transportes Coletivos (CMTC), Sávio Afonso, informa que esta é a quarta frente de trabalho do corredor preferencial de ônibus T-7, cujo projeto prevê a requalificação do espaço urbano. As avenidas Alpes e C-8 e Itália, nos bairros Vila União e Sudoeste, também estão recebendo as intervenções.

Sávio Afonso afirma que, com a obra do corredor preferencial de ônibus, a Avenida T-7, que é considerada a segunda principal via da cidade em atendimento ao transporte coletivo, ganhará nova estrutura para garantir a circulação mais rápida de 13 linhas de ônibus que beneficiam mais de 100 mil pessoas por dia.

Esse é o quarto corredor de ônibus implantado pela Prefeitura de Goiânia. As avenidas 10 (Corredor Universitário), T-63 e 85 já possuem as faixas preferenciais. Para os novos projetos de corredores preferenciais nas avenidas T-9, 24 de Outubro, Independência e conclusão das obras nas avenidas 85 e T-63, a Comissão Permanente de Licitação (CPL), da CMTC, está concluindo o processo de licitação pública.

As obras de mobilidade urbana que estão sendo executadas pela Prefeitura de Goiânia vão promover o uso democrático do espaço público com prioridade ao transporte coletivo. O prefeito Paulo Garcia afirma que, a partir da organização das vias, os cidadãos – sejam pedestres, ciclistas, usuários do transporte coletivo e motoristas de veículos – terão suas necessidades de circulação nas vias públicas contempladas com a instalação de nova sinalização, mobiliários urbanos e equipamentos de segurança e fiscalização. (SECOM/Goiânia)