Jornalismo Basileu França

Atração compõe série de comemorações dos 13 anos do grupo de balé

O ITEGO em Artes Basileu França, Instituto vinculado à Secretaria de Desenvolvimento e Inovação (SEDI), apresenta o “Conecta Neoclássico & Contemporâneo” nesta sexta-feira 26, às 20h. A programação integra o projeto institucional “Conecta – Compartilhando Saberes” e será transmitida pelas redes sociais – Facebook: @basileufrancaartes, Instagram: @dancabasileufranca e YouTube: itegoemartesbasileufranca).

A atração dá continuidade às comemorações dos 13 anos do Balé do Teatro-Escola Basileu França. Os balés Neoclássicos e Contemporâneos foram criados por coreógrafos reconhecidos nacional e internacionalmente, associando caminhos, sentimentos e sensações com a música e o corpo.  

Os coreógrafos envolvidos são: Binho Pacheco, Carolinne Segurado, Ederson Xavier, Fabiano Lima, Harry Gavlar, Rafael Zago, Júnior Ohara e Caio Baratelli. Todos têm diversas outras experiências na produção de trabalhos desenvolvidos para renomadas Cias e atuam na direção de arte, produção e coreografia.

Nesta edição, o “Conecta” e a Coordenação de Dança do ITEGO em Artes Basileu França oferecem, portanto, uma compilação entre neoclássico e contemporâneo, com trabalhos de todos os coreógrafos que já fizeram parte do Balé do Teatro-Escola, deixando suas respectivas contribuições, que enriquecem o acervo do Instituto.                

Durante esses 13 anos de história, diversos coreógrafos se dedicaram à criação de performances para os bailarinos do balé do Teatro-Escola Basileu França. Nesse contexto, inúmeras coreografias já foram premiadas no Brasil e no exterior. Além disso, tais bailarinos já foram convidados para fazerem aberturas em renomados festivais em diversos países do mundo.  

Para a coordenadora e diretora de Arte do Balé do Teatro-Escola Basileu França, Simone Malta, trabalhos como esses são de extrema importância para o universo da Arte. “É um imenso prazer apresentar essas produções, que são resultados de um árduo e dedicado trabalho realizado com dezenas de bailarinos que fizeram e fazem parte dessa história. História que nos faz ser reconhecidos no Brasil e no mundo, questão que nos deixa muito orgulhosos, pois é assim que pensamos o futuro dos nossos alunos/bailarinos, com memoráveis recordações de cada trabalho proposto e idealizado”, pontua.

Sobre o Balé do Teatro-Escola

O Balé do Teatro-Escola Basileu França foi fundado em 2007 pela bailarina e professora Simone Malta, sendo dirigido também pela profissional. Consagrado por oferecer a jovens e adolescentes oportunidades para a formação e desenvolvimento profissional na área de Dança, o balé é destaque internacional, sendo solicitado, constantemente, para apresentações em aberturas de festivais no Brasil e em diversos outros países.

Dezenas de bailarinos são formados no ITEGO em Artes Basileu França e ganham destaque nos cenários nacional e internacional. Dessa forma, realizam sonhos por passarem a integrar as mais expressivas Companhias do mundo.

Desde 2012, os balés são produzidos pela Coordenação de Dança do ITEGO em Artes Basileu França. Neste ano, há a perspectiva de que possa haver a produção do 10º Balé de Repertório. 

O Balé do Teatro-Escola Basileu França conta com a parceria da Orquestra Sinfônica Jovem de Goiás (OSJG), que acompanhou a todos os balés de repertório produzidos. Os maestros regentes foram: Eliseu Ferreira, Jânio Matias e Eliel Ferreira.

Sobre o projeto “Conecta – Compartilhando Saberes”

O “Conecta – Compartilhando Saberes” é uma iniciativa da Produção Cultural e Comunicação do ITEGO em Artes Basileu França, que traz um novo formato de lives 100% virtuais para informar e entreter o público amante da Arte durante o período de distanciamento social ocasionado pela pandemia do novo coronavírus.

Cabe salientar que o projeto “Conecta – Compartilhando Saberes abrange a campanha “Arte Solidária”. Esta ação foi criada pela Associação de Pais e Mestres do Basileu França, com o apoio do ITEGO em Artes Basileu França e visa arrecadar alimentos para beneficiar a classe artística, em que muitos se encontram em situação de vulnerabilidade por conta da crise provocada pela pandemia. As doações podem ser feitas no Basileu França, situado à Avenida Universitária nº 1750, no Setor Leste Universitário. Já para aqueles que pretendem se cadastrar e ser um(a) beneficiário(a) da campanha, basta acessar o seguinte endereço eletrônico: www.basileufranca.com.br/soulidario.

Sobre o ITEGO em Artes Basileu França

O Instituto Tecnológico de Goiás (ITEGO) em Artes Basileu França, vinculado à Secretaria Estadual de Desenvolvimento e Inovação (SEDI), teve origem em 1967, na Escola de Artes Veiga Valle. A instituição possui como missão oferecer capacitação artística, desde o início até a formação superior, nas seguintes áreas: Arte Educação, Arte Inclusão, Artes Visuais, Circo, Dança, Música, Superior de Tecnologia em Produção Cênica e Teatro. Atualmente, diversos grupos da Escola de Arte são reconhecidos nacional e internacionalmente, como o Balé do Teatro-Escola Basileu França, a Orquestra Sinfônica Jovem de Goiás (OSJG), dentre outros.