Obra publicada pela Lei Municipal de incentivo a Cultura da Prefeitura de Goiânia será lançada nessa quarta-feira, 17, no Instituto Cultural e Educacional Bariani Ortêncio

42598557337963
O escritor, folclorista e cronista Bariane Ortêcnio laça o livro ‘Minhas Reminissências’ nessa quarta-feira, 17, às 19h, na sede do Instituto Cultural e Educacional Bariani Ortêncio. A obra, lançada pela editora Kelps e publicada com recursos da Lei Municipal de incentivo a Cultura da Prefeitura de Goiânia, é uma espécie de autobiografia, sem obedecer à ordem cronológica, sendo escrita então de acordo com as lembranças do ‘Paulistinha’, apelido que acompanha o escritor desde os primeiros anos da Capital goiana, onde chegou com a família em 1938.

O livro é também uma exposição histórica da literatura goiana desde a década de 1950, quando os seus expoentes eram escritores como Bernardo Élis, Domingos Félix de Souza, Carmo Bernardes e  Regina Lacerda. Na literatura nacional, se destacavam nomes como Guimarães Rosa, Carlos Drummond de Andrade, Manoel Bandeira, Luis Câmara Cascudo, Aurélio Buarque de Holanda, entre outros. Todos com passagens interessantes neste novo trabalho do escritor, que acaba de completar 93 anos de idade, sendo 60 anos deles dedicados às suas múltiplas facetas, seja como o folclorista, dicionarista, contista, cronista, romancista, historiador, compositor ou poeta. Bariani tem mais de 40 livros publicados.

O evento tem entrada franca e também contará com o tradicional coquetel de comida Goiânia. O livro poderá ser adquirido no evento pelo valor de R$ 50 e vem acompanhado de um CD contendo composições do escritor, parcerias e homenagens. O  Instituto Cultural e Educacional Bariani Ortecio (ICEBO) está localizado na Rua 82, nº 565 – Praça Cívica

Bariani Ortêncio

Waldomiro Bariani Ortêncio nasceu na cidade paulista de Igarapava, nas proximidades da Usina Junqueira, no dia 24 de julho de 1923, lugar onde iniciou seus primeiros estudos. Filho de Antônio Bariani e de Josefina Bariani. Em 1938, acompanhando sua família, mudou-se para Goiânia, onde fez o curso ginasial e científico no Liceu e ingressou no curso de Farmácia e Odontologia, desistindo logo em seguida.

Quando criança trabalhou como alfaiate. Na década de 40, foi goleiro do Atlético Clube Goianiense. Foi também professor de Matemática, comerciante, fazendeiro, industrial e minerador. Em 1945, no bairro de Campinas, estabelece-se comercialmente com o Bazar Paulistinha. Colaborador dos jornais estudantis ‘O Chicote’, em 1937, na cidade de Igarapava e ‘O Liceu’, em 1938, em Goiânia.

Durante um período de mais de dois anos, redigiu crônicas para a Rádio Clube de Goiânia, às vezes também publicadas no jornal ‘A Folha de Goyaz’. Nesta época lecionava em diversos estabelecimentos de ensino. Foi Presidente da União Brasileira de Escritores – Secção de Goiás, pertence ao Instituto Histórico e Geográfico de Goiás e faz parte da Comissão Nacional do Folclore. Em 1972, foi nomeado membro do Conselho Estadual de Cultura.

É cidadão goianiense, título recebido em abril de 1968 pelos relevantes serviços prestados à capital do Estado. Em seu currículo, mais de 40 livros publicados e por diversas editoras; entre suas principais obras estão: O que foi pelo sertão (1956); Sertão, O Rio e A Terra (1959); Sertões sem fim (1965); A cozinha goiana (1967) e Dicionário do Brasil Central (1983). (Secom/Goiânia)

Serviço:

Assunto: Bariani Ortêncio lança livro ‘Minhas Reminiscências’
Data: 17 de agosto, quanta-feira
Local: Instituto Cultural e Educacional Bariani Ortêncio (Rua 82, nº 565, Praça Cívica – Centro)
Entrada Franca
Valor do Livro: R$ 50,00