Rodrigo Coelho, do Bar Madalena, e Thelmo de Castro, do Iz, foram selecionados pela marca para participar do Tennesse Calling

 

Goiânia tem dois representantes no Tennessee Calling, campeonato da Jack Daniel’s voltado à coquetelaria e concebido para o desenvolvimento de bartenders. Rodrigo Coelho, do Bar Madalena, e Thelmo de Castro, do Iz, participam da competição e estarão em São Paulo dia 23 de julho para a disputa de drinks com os rótulos da marca.

Rodrigo começou por meio da área de eventos. “Abri um bar com amigos, que fechou devido a inexperiência da juventude, mas o amor pela coqueletaria já tinha enraizado em mim”, conta. Atualmente, gosta de criar em bares de estilo botecagem. “Uso matéria-prima típica do cerrado para elaborar meus drinks e pretendo mostrar características marcantes da região no campeonato”, antecipa.

Já Thelmo trabalha na área há quatro anos. “Comecei como bartender dos amigos e fui aprendendo no dia a dia da profissão, que é apaixonante”, diz. O profissional conta que participou de outros campeonatos, mas que esta é a primeira vez que realmente está focado e quer ganhar. “É um produto que entendo e consumo, por isso me sinto confortável e inspirado para criar drinks autênticos como Jack Daniel’s”.

O Tennessee Calling conta com 18 bartenders de seis cidades do Brasil: Goiânia, Belo Horizonte, Campinas, Curitiba, Recife, Rio de Janeiro e São Paulo. A turma foi escolhida a partir dos treinamentos que o brand advocacy de Jack Daniel’s, Bertone Mancine, ofereceu a brigadas de bar em diversas capitais brasileiras, desde outubro do ano passado.

O prêmio final da competição garante uma experiência de uma semana no Tennessee, nos Estados Unidos. Entre as vivências no País, os vencedores terão um encontro com o mestre destilador de Jack Daniel’s e o primeiro colocado da competição será convidado a atuar como Guest Bartender em um dos principais bares de Nashville, capital do Tennessee, por uma noite.

“O objetivo da marca é apoiar o desenvolvimento desses profissionais e inspirá-los a partir do legado de Mr. Jack. Por isso, iremos oferecer a oportunidade de conhecerem de perto os processos de produção do autêntico Tennessee Whiskey, feito da mesma forma e na mesma destilaria há mais de 150 anos”, completa Luiz Schmidt, diretor de marketing da Brown-Forman para América do Sul, Central e Caribe. (Approach Comunicação / Jessica Nakayama)