Convite

O turismólogo, viajante e pesquisador Igor Galli, de 34 anos, é o brasileiro que, comprovadamente, mais viajou pelo mundo. Com o pé na estrada desde os 22 anos, ele já passou por 153 países, alguns dos quais ele morou por algum tempo. A experiência de conhecer tantos lugares, ele compartilha agora através do livro “As melhores atrações culturais do mundo” (editora Kelps), que será lançado nesta em Goiânia, sua terra natal.

A noite de autógrafos está marcada para esta quinta-feira, 2 de junho, na Vila Cultural em Goiânia, das 19h30min às 21h30min, sendo aberto ao público.  Em forma de guia, traz 301 destinos culturais pelo mundo, entre museus, templos, maravilhas da engenharia, cidades coloniais, parques, castelos, entre outras categorias.  Para cada atração, o autor apresenta um breve resumo do lugar e dá instruções e dicas para visitações – melhor época de visitação, preço, como chegar, tempo médio da visita, entre outras informações.

Sempre viajando com pouco dinheiro e com objetivo de conviver com novas culturas, Igor Galli acumula histórias e percepções que ampliaram sua visão de mundo e, durante a noite de autógrafos, fará um bate-papo para compartilhar um pouco de sua experiência. O evento conta com o apoio da Goiás Turismo.

No total, o brasileiro se aventurou em 153 países e 588 estados e regiões. E não é à toa que, hoje, Igor é o primeiro brasileiro e latino-americano mais viajado do mundo e está entre os TOP 100 no ranking mundial, já na classificação por idade é a pessoa mais viajado do mundo. Atualmente Igor Galli comunica em nove idiomas, já teve residência fixa em nove países e morou em vários outros como convidado em casas de nativos.  O livro é o primeiro de uma série de três publicações que ele pretende lançar. (COMUNICAÇÃO SEM FRONTEIRAS)

Algumas curiosidades sobre Igor Galli:

  • Aos 15 anos de idade, começou seu plano de percorrer por todo ano. Aos 22, formou em Turismo e começou a praticar essa realidade.

  • Subiu as maiores montanhas e vulcões do mundo:  Elbrus, a montanha mais alta da Europa; o Aconcagua, a montanha mais alta da América do Sul;  Kinabalu, a montanha mais alta do Sudeste Asiático; e  Cotopaxi, o vulcão ativo mais alto do mundo.

  • Atravessou da Ilha Gili Trawagan até Lombok nadando, sem apoio de ninguém.

  • Pedalou na estrada mais perigosa do mundo, localizado na Bolívia.

  • Enfrentou 4 ladrões de uma só vez na Nicaragua para impedir um roubo contra duas suecas.

  • Passou por terremoto em Taiwan.

  • Morou em tribo aborígene na Austrália.

  • Entrou em templos e teve contato com religião do mundo todo.

  • Pelo seu jeito aventureiro, já quebrou o braço cinco vezes.

SERVIÇO:

Lançamento livro ‘As Melhores Atrações Culturais do Mundo’

Data: 02 de junho de 2016 (quinta-feira)

Horário: das 19h30min às 21h30min

Local: Vila Cultural (Rua 3, subsolo do Teatro Goiânia, Centro)