Semana Caio Mon Amour” promove programação com filmes, espetáculos teatrais, shows e exposição para homenagear a vida e obra do escritor

Caio Mon Amour_Caio Fernando Abreu_Cred Dulce Helfer 5
“Semana Caio Mon Amour” com programação variada sobre Caio Fernando Abreu, marcando os 20 anos de sua morte. (crédito: Dulce Helfer)

 

 O Museu da Diversidade Sexual, o Teatro Sérgio Cardoso e o Museu da Imagem e do Som (MIS-SP), todos do Governo do Estado de São Paulo, realizam em setembro a “Semana Caio Mon Amour” com programação variada sobre Caio Fernando Abreu, marcando os 20 anos de sua morte. Considerado grande nome da literatura brasileira, o escritor gaúcho foi referência em questões relacionadas à diversidade sexual e direitos humanos. A Semana é organizada pela Diversa Arte e Cultura e começa no dia 11, com inauguração da exposição “Caio Mon Amour” no Museu da Diversidade Sexual. A abertura contará com a presença de Cláudia Abreu Cabral, irmã do escritor.

Com entrada gratuita, a mostra reúne fotos e textos de Caio e uma linha do tempo com sua vida e obra, além de oferecer uma série de atividades interativas, como poemas destacáveis de autoria dele para os visitantes levarem de recordação ou presentearem alguém. A exposição também terá um mimeógrafo para impressão de poemas do autor, uma máquina de escrever, com a qual o público poderá produzir seus próprios poemas e uma parede com palavras em ímãs, que podem ser usados para criar poemas temporários.

“Caio Mon Amour” tem curadoria de Paula Dip, que foi amiga pessoal do escritor, e conta ainda com ensaios fotográficos de Marina Novelli, inspirados em contos de Caio Fernando Abreu, e projeções de trechos de um filme sobre o poeta. Dentro do museu será feita ainda uma ambientação de boate dos anos 80, na qual ficarão dependurados poemas de Caio.

O Teatro Sérgio Cardoso promove também uma série de espetáculos de diferentes linguagens em homenagem ao escritor gaúcho. A sala Paschoal Carlos Magno abriga a performance “Dama da Noite” de Gilberto Gawronski (12 de setembro), a peça “Amarelo Distante” de Kiko Rieser com Mateus Monteiro (dia 13), o espetáculo de dança “Graxa” com Diogo Granato e Henrique Lima (dia 14) e as peças “Aqueles Dois” da Cia. Luna Lunera (dia 16) e “O Homem e a Mancha: Releitura Drama Multimídia” de Marcos Breda e Luis Artur Nunes (dia 17).

Já no dia 15 de setembro, na sala Sérgio Cardoso, a cantora Cida Moreira faz um show em homenagem ao autor no qual convida Thiago Pethit. O repertório desse encontro segue a linha da contemporaneidade da literatura de Caio Fernando Abreu.

O MIS-SP celebra Caio com uma programação cinematográfica no dia 17h, sábado. Serão exibidos curtas e longas-metragens como “Sargento Garcia”, baseado em um conto do autor e “Para sempre teu, Caio F.”, documentário de Candé Salles inspirado no livro homônimo de Paula Dip, curadora da exposição do Museu da Diversidade Sexual. Após os filmes, haverá um bate papo entre os cineastas, amigos e fãs de Caio Fernando Abreu. (Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo)

Confira abaixo a programação completa:

Serviço: Programação Caio Mon Amour no Museu da Diversidade Sexual, Teatro Sérgio Cardoso e Museu da Imagem e do Som

Exposição “Caio Mon Amour” – Museu da Diversidade Sexual

Abertura: 11 de setembro, domingo, às 15h (em cartaz até 28 de janeiro de 2017)

Funcionamento: Terça a domingo, das 10h às 18h

Local: Rua do Arouche, 24 – piso mezanino da estação República do metrô

Telefone: (11) 3882-8080

Teatro Sérgio Cardoso – Semana Caio Mon Amour

Endereço: Rua Rui Barbosa, 153 – Bela Vista – São Paulo – SP

Bilheteria: (11) 3288-0136 (Atendimento de terça a domingo, das 14h00 até o início do espetáculo; vendas antecipadas: de terça a sábado das 14h00 às 19h00).

Vendas pela internet (Sujeito à cobrança de taxa de serviço): www.ingressorapido.com
Cartões: Visa e Visa Electron

www.teatrosergiocardoso.org.br
Moradores do Bixiga que apresentarem comprovante de residência pagam R$ 5,00 em qualquer espetáculo.

 

Show: Cida Moreira convida Thiago Pethit

Data e Horário: 15 de setembro, 21h

Duração: 60 min

Classificação: 14 anos

Ingressos: De R$ 40 a R$ 60 (inteira)

Performance: Dama da Noite, de Gilberto Gawronski

Data e Horário: 12 de Setembro, 19h

Duração: 35 min

Classificação: 14 anos

Ingressos: R$ 30 (inteira) R$ 15 (meia)

Espetáculo teatral: Amarelo Distante, de Kiko Rieser e Mateus Monteiro

Data e Horário: 13 de Setembro, 19h

Duração: 60 min

Classificação: 14 anos

Ingressos: R$ 30 (inteira) R$ 15 (meia)

Espetáculo de dança: Graxa, Diogo Granato e Henrique Lima

Data e Horário: 14 de Setembro, 19h

Duração: 50 min

Classificação: Livre

Ingressos: R$ 30 (inteira) R$ 15 (meia)

Espetáculo teatral: Aqueles Dois, Cia Luna Lunera

Data e Horário: 16 de Setembro, 18h30

Duração: 90 min

Classificação: 18 anos

Ingressos: R$ 30 (inteira) R$ 15 (meia)

Espetáculo teatral: O Homem e a Mancha: Releitura Drama Multimídia

Data e Horário: 17 de Setembro, 19h

Duração: 70 min

Classificação: 12 anos

Ingressos: R$ 30 (inteira) R$ 15 (meia)

Museu da Imagem e do Som – MIS-SP

Endereço: Avenida Europa, 158 – Jardim Europa – São Paulo-SP

Telefone: (11) 2117-4777

Entrada gratuita às terças-feiras. Aos sábados, acesso grátis às exposições do térreo e do acervo.

www.mis-sp.org.br

 

Sessões de filmes – Caio Mon Amour

Data: 17 de Setembro

Curtas –Metragens:

Horário: 15h
Dama da Noite
, de Mario Diamante (1999, 15 min)
Pela passagem de uma grande dor
, de Bruno Polidoro (2006, 18 min)

Linda uma história horrível, de Bruno Gularte Barreto e Bruno Polidoro (2013, 20 min)

 

Longas-Metragens
Horário: 16h30
Sobre sete ondas espumantes,
documentário de Bruno Polidoro (2013, 74 min)

Horário: 18h
Para sempre teu, Caio F
., documentário de Candé Salles (2014, 132 min)


Horário: 20h30
Onde andará Dulce Veiga
, filme de Guilherme de Almeida Prado, 2008, 135 min.

Para conhecer a programação cultural de todo o estado, acesse a plataforma SP Estado da Cultura –www.estadodacultura.sp.gov.br