COMUNICAÇÃO SEM FRONTEIRAS

Coral do Laboratório Núcleo fará tradicional apresentação de fim de ano, que terá ainda transmissão virtual

O clima de Natal já tomou a cidade e, além das luzes, as vozes também chegam para trazer alegria neste momento em que a sociedade mundial clama por paz. A pandemia influenciou as relações e as programações de maneira geral, mas isso não é motivo para deixar de celebrar e de ver a luz natalina fluir. Com este pensamento, na próxima quinta-feira, 17 de dezembro, a partir das 17 horas, o coral do Laboratório Núcleo fará uma cantata de Natal no mezanino do Órion Complex, voltado para a Avenida Portugal, no Setor Marista. 

A apresentação terá duração de uma hora e será transmitida também nas redes sociais do laboratório. O grupo vocal existe há seis anos e há quatro é regido pelo maestro Andreyw Batista. “A cantata será mesclada com músicas natalinas e de outros gêneros e as vozes serão acompanhadas por saxofone e flauta. Iremos trabalhar o tema humanidade, pois queremos estar juntos mesmo com a distância”, afirma o maestro destacando o quanto a arte e a cultura são muito importantes nesse momento. 

O grupo é composto por 120 vozes, mas devido a pandemia está reduzido em 35 pessoas, que estão ensaiando há cerca de dois meses para a apresentação desta semana no Órion Complex. “Sempre nos apresentamos nesta época, mas este ano está diferente, estou ansiosa por esta cantata”, revela Joalba Marques Alves, supervisora do laboratório e que integra o coral há pouco mais de três anos. “Recebi o convite para participar e depois que fui a primeira vez não consegui mais parar. É maravilhoso, muito gratificante. Coral é vida”, salienta.

O evento celebrará ainda a inauguração de uma unidade do Laboratório Núcleo no Órion Shopping, que acontecerá ao longo da quinta-feira e que é a primeira da empresa dentro de um centro de compras. 

A cantata é um tipo de composição vocal para uma ou mais vozes, com acompanhamento instrumental e, às vezes, também com coro. Este gênero teve origem nos madrigais medievais e surgiu para se diferenciar das tocatas, que eram peças unicamente instrumentais. A cantata é tida como o tipo mais importante de música de câmara vocal do período barroco. Nos tempos atuais, o gênero é mais comum no final de ano, principalmente com músicas natalinas.

Concurso
Ainda em clima de Natal, o Órion Complex está promovendo um concurso fotográfico inspirado em sua decoração natalina, que é composta por bolas de Natal de vários tamanhos iluminadas em branco e vermelho na área externa que fica no encontro das Avenidas Portugal e Mutirão, no Setor Marista. Na maior das bolas é possível entrar e fazer belas imagens. Para participar é preciso postar até 7 de janeiro uma fotografia interagindo com a decoração nas redes sociais marcando o perfil @orioncomplex e a #natalorioncomplex. O autor da foto mais bonita e criativa será premiado com uma cesta de produtos da loja Kopenhagen, situada no Órion Shopping.