Palavra Comunicação

(créditos: Bárbara Torres)

A cantora goiana radicada nos Estados Unidos, Andreya Vieira, é uma das indicadas ao Grammy Latino, o prêmio de música mais importante do mundo, de relevância equivalente à do Oscar para o Cinema. Ela concorre na categoria Melhor Álbum Contemporâneo em Língua Portuguesa, com o disco Pra Que Não Quebre. Andreya foi indicada ao lado de nomes como Anitta e Zélia Duncan. A premiação acontece em 14 novembro deste ano, em Las Vegas, Nevada, Estados Unidos. O CD foi gravado e mixado em São Paulo e masterizado em Nova York. “Estou muito feliz e agradecida pro este reconhecimento após tantos anos de trabalho”, disse Andreya ao saber da indicação.

Andreya Vieira é cantora e dubladora e mora em Miami, na Florida, Estados Unidos. Há dois anos e meio, diversificou suas atividades e tem se dedicado, em tempo quase integral, ao canto e à dublagem. Na música, ela leva aos Estados Unidos ritmos genuinamente brasileiros, como a bossa nova e o samba, inclusive para doentes, idosos e crianças portadoras de necessidades especiais, visitando creches, hospitais e asilos onde há pessoas que sofrem com câncer e idosos abandonados por suas famílias por meio do grupo Brazilian Voices, que concebeu o projeto Arts and Healing (Arte e Cura),

Além do trabalho voluntário com idosos e doentes, Andreya trabalha em um dos mais respeitados estúdios de dublagem da Florida, o RMP Music and Arts, que tem elenco em inglês, espanhol, português e francês. O escritório é do brasileiro músico e empresário Eduardo Ramos e trabalhar com dublagem foi, para Andreya, um desafio, mas que foi encarado com mais tranquilidade por ser uma área em que se trabalha com a voz, o que sempre esteve presente na vida da cantora.