Cinco estrelas de Goiânia celebra três décadas com cardápio especial e lançamento de cerveja em parceria com a Colombina

rotulo-colombina-braveza-castros-park-hotel

Três décadas de luxo, eventos inesquecíveis, momentos e tradição na história de Goiânia. Assim, o Castro’s Park Hotel, genuinamente goiano, comemora no próximo dia 8 de novembro em uma grande festa seus 30 anos de serviços de excelência completados um dia antes (7 de novembro), mesma data de aniversário do empresário mineiro radicado em Goiânia Olavo de Castro, seu fundador.

Durante jantar para imprensa, será apresentada uma edição especial do cardápio do Restaurante Ipê, intitulado O Melhor dos 30, que traz oito pratos célebres entre entradas, pratos principais e sobremesas que ficaram marcados ao longo da história do hotel.

No menu comemorativo, que poderá ser degustado pelos próximos três meses no Restaurante Ipê, pratos com tanta história quanto o próprio hotel, como o steak de fraldinha ao Castro’s, um dos primeiros pratos a entrar no cardápio do Restaurante Ipê há 30 anos e que leva o nome do hotel e a salada de camarões e aspargos, lançada ainda na primeira década do hotel. Ou ainda o pirarucu à Fontenele – peixe grelhado com molho de queijo, alho poró e champignon, acompanhado de farofa de banana da terra – prato que leva o nome do sub-chef Cláudio Fontenele, criador e colaborador do hotel há 25 anos.

A nova carta também traz algumas homenagens, como o medalhão Serra Negrafilé ao molho de vinho e jabuticaba acompanhado de legumes ao estilo espaguete e risoto de tomate cassé -, prato que leva o nome de uma das antigas fazendas da família Castro. E, como sobremesa, a campeã em pedidos na confeitaria do hotel, a torta baião de dois, que combinada com sorvete de creme finaliza esplendorosamente a refeição. “A intenção é mostrar para os clientes novos a qualidade e a tradição do nosso restaurante, e agradar aos clientes antigos, saudosos de pratos que marcaram época”, explica o chef de cozinha Valdeson Ferreira, que comanda a cozinha do hotel.

Cerveja

Na ocasião também será lançada cerveja comemorativa à data em parceria com a Cervejaria Colombina, empresa que também se orgulha de ser goiana. Intitulada Colombina Braveza, a bebida leva jabuticaba e foi batizada com o nome de outra fazenda da família Castro, que forneceu os recursos financeiros necessários para a construção do hotel.

O sommelier de cervejas da Colombina, Alberto Nascimento, explica que a Braveza é do tipo blond ale do Cerrado, com aroma frutado e rico, levemente condimentado. Tem coloração rosada e espuma alva e com boa formação. A bebida é considerada leve, com final seco e caráter frisante, bem gaseificada. O retrogosto é suave e de final rápido. “Esse tipo de cerveja é ideal para harmonizar com pratos mais gordurosos e com carne branca, um ótimo exemplo é o pirarucu à Fontenele”, afirma. (Kasane)