Palavra Comunicação

Nesta época do ano em que presentear as pessoas de quem se gosta é uma tradição, muitas vezes fica a pergunta: “O que dar para quem já tem tudo, ou para quem eu não conheço direito?”. Pois uma opção certeira, de bom gosto e que agrada a todos, sem exceção, é uma cesta com produtos natalinos. Esta é a aposta da Reserva 35, que está disponibilizando em sua loja, situada na Rua 1.137, nº 35, no Setor Marista, dois tipos de cestas de Natal: a personalizada e a pronta.

Ideais para presentear familiares, aniversariantes e amigos queridos, há também as cestas que servem a fins corporativos, que podem ser oferecidas aos clientes, fornecedores e funcionários das empresas, e também há as voltadas àquele amigo secreto de quem você não conhece muito bem os gostos. As cestas traduzem elegância e demonstram o afeto de quem as oferece e garantem satisfação e encantamento a quem as recebe.

Na Reserva 35 é possível adquirir esse presente inesquecível por preços variados, mas quem giram em torno de R$ 200, em média. As cestas prontas, já montadas pela empresa, trazem produtos como queijo, castanhas diversas, embutidos variados, chocolates, geleias, e até a novidade do mercado, a amarena in natura, uma espécie de cereja italiana – exclusividade da adega em Goiânia –, todas acompanhadas por um vinho, champagne, gin ou whisky, com preços variáveis. Há, também a cesta Kit 0,00% Álcool, composto por uma garrafa de Freixenet, uma garrafa de suco de uva, uma geleia italiana Casa Madeira e uma barra de chocolate Lindt, por R$ 159,90.

As cestas prontas, aquelas em que o próprio cliente escolhe que itens ela vai conter, não têm preço mínimo e nem máximo, uma vez que seu valor dependerá de que itens vão compor o presente. “São cestas versáteis, e a grande pergunta que fazemos ao cliente é ‘quanto você está disposto a gastar por uma cesta?’”, explica o empresário e sócio proprietário da Reserva 35, Rafael Lozzardo. Neste caso, o cliente escolhe os itens da cesta, as bebidas, que em geral são vinhos e/ou espumantes, e o limite é o bolso de cada um. As cestas podem ser pagas à vista, em dinheiro, ou pelo cartão de crédito ou débito.