História da escola se confunde com a da capital goiana, que também conta com um bairro em homenagem aos irmãos maristas

Colégio Marista Goiânia completa, hoje,  57 anos. Inaugurada em 1962, a instituição tem contribuído ao longo de todos esses anos para a formação da comunidade goianiense e se confunde com a história da capital goiana, que também conta com um bairro em homenagem aos irmãos maristas.

“O tradicional colégio Marista mantém-se cada vez mais atualizado com uma proposta pedagógica contemporânea e inovadora, focada na excelência acadêmica, nos valores cristãos e no protagonismo de seus alunos”, salienta a diretora da escola, professora Darlei Dário Padilha.

Responsável por formar cidadãos justos, conscientes, solidários, criativos e felizes, a escola integra a Rede Marista de Colégios (RMC) presente em São Paulo, Paraná, Santa Catarina, Goiás e Distrito Federal. Com 18 unidades, a RMC atende mais de 25 mil alunos.

Um pouco da história

Em 18 de março de 1962 teve início o ano letivo no então Ginásio Marista. Em março de 1974, passou a designar-se Colégio Marista. Ao longo dos anos e depois de muito trabalho, o nome Marista passa a ser reconhecido pela comunidade chegando inclusive a dar nome ao próprio bairro que circunda o colégio, hoje Setor Marista.

Quase seis décadas depois da fundação, mais de mil crianças e jovens, da Educação Infantil ao Ensino Médio, vivenciam diariamente laços de acolhida e amizade em uma jornada rumo ao conhecimento, à sabedoria, à espiritualidade e à concretização de seus projetos de vida.

Seguindo os pressupostos do ideal marista de educação, da tradição vinda de seu fundador São Marcelino Champagnat e dos primeiros Irmãos, o Colégio Marista de Goiânia tem a missão de educar e evangelizar crianças e jovens, com excelência acadêmica.

O propósito do Colégio é formar bons cristãos e cidadãos virtuosos comprometidos com a construção de uma sociedade mais justa, solidária, amorosa e sustentável. (Taís Hirschmann)