Realizadora do Goyazes Festival de Fotografia, do Fotocine e do projeto Prata Revelada promove curso com três meses de duração em parceria com a PUC-GO. Serão ofertadas 40 vagas a toda a comunidade

Depois de realizar eventos pontuais que se tornaram referência no calendário cultural goiano, merecendo até mesmo destaque nacional, a WA Imagem Fotografia e Produção Cultural anuncia a abertura de inscrições para seu novo projeto de extensão, Histórias da Fotografia: Usos, Linguagens e Poéticas, que seguem abertas até o dia 12 de julho.

Dividido em três módulos complementares, distribuídos ao longo de três meses, Histórias da Fotografia promoverá estudos e reflexões sobre a multiplicidade de abordagens teóricas e práticas da fotografia em um conteúdo que tratará das técnicas, das estéticas e dos circuitos sociais desta arte desde as suas origens até as suas investigações contemporâneas.

O curso possui carga horária de 80 horas e terá um módulo por mês. As aulas ocorrerão sempre às quintas e sextas-feiras, nos períodos vespertino (14h às 17h) e noturno (19h às 22h), na Pontifícia Universidade Católica de Goiás (PUC-GO). Serão ofertadas 40 vagas gratuitamente a toda comunidade.

Professores
O projeto Histórias da Fotografia tem coordenação do professor Rafael Castanheira, doutor em Comunicação pela Universidade de Brasília (UnB) e hoje parte do corpo discente da Universidade Católica de Brasília (UCB) e Universidade Paulista do Distrito Federal (Unip-DF), que ministrará um dos módulos do curso.

Outro módulo terá à frente a professora Déborah Rodrigues Borges, doutora em Arte e Cultura Visual pela Universidade Federal de Goiás (UFG), atualmente atuando no quadro da PUC-GO, onde desenvolve pesquisas sobre história da fotografia em Goiás, fotografia popular e as relações entre fotografia e memória.

Completa o time Samuel de Jesus, doutor em Études Cinématografiques et Audiovisuelles pela Universidade de Paris III, Sorbonne-Nouvelle, sob a orientação de Philippe Dubois, e também doutor em Comunicação pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Samuel é professor na Faculdade de Artes Visuais (FAV) da UFG.

Os módulos
O primeiro módulo, “Das origens à modernidade”, ocorrerá em agosto sob orientação de Déborah Borges. Em pauta estarão os contextos histórico, social e cultural em que surge a fotografia, suas repercussões sociais ao integra-se ao cotidiano das pessoas, a distinção entre fotógrafos artistas e industriais, e a expansão da atividade fotográfica no Brasil.

Em setembro será a vez de Rafael Castanheira tratar de “Documento, documentação e ‘documental'”, discutindo a construção histórica do termo ‘documental’ na fotografia e propondo uma reflexão acerca dos principais momentos da história da documentação fotográfica no Brasil e no mundo. Aqui, os participantes ainda terão orientação para a realização de projetos pessoais de documentação fotográfica.

Por último, em outubro, o módulo  “Imagem, Corpo e Paisagens” finaliza o curso tendo à frente  Samuel de Jesus  que abordará a relação entre estes elementos enquanto objetos e gêneros artísticos. Em sala de aula, professor e alunos analisarão um conjunto de obras questionando a relação corpo/paisagem e como ela consolidou uma iconografia em que corpo e paisagem definiram sua completa autonomia. (Taynara Borges)

Histórias da Fotografia

Inscrições gratuitas: até 12 de julho

www.historiasdafotografia.art.br