Aulas vão ensinar e encorajar mulheres a quebrar paradigmas no ambiente de trabalho e na vida familiar

Mulheres de todo Brasil terão a oportunidade de participar, a partir de 16 de maio, de um curso de negociação criado exclusivamente para elas. A iniciativa é da ImpulsoBeta, empresa de treinamento e formação de lideranças femininas. As aulas do NegociaBeta serão on-line e vão ensinar princípios e técnicas de como negociar melhor no ambiente de trabalho. Além de contribuir para que mulheres atinjam seus objetivos profissionais, o curso pretende encorajá-las a buscar seu espaço na vida em sociedade, incluindo as relações familiares.

O NegociaBeta terá um programa de cinco semanas de duração. Em todas as semanas, um novo tema será colocado em debate, com apoio de vídeos, leituras e exercícios práticos. O conteúdo deve ajudar as mulheres a entender a importância da negociação para suas carreiras, além de identificar desafios específicos que elas enfrentam ao negociar. O curso também terá um chat semanal com as facilitadoras para promover a troca de experiências entre as participantes e a orientação mais próxima.

Segundo Renata Moraes, sócia-fundadora da ImpulsoBeta, o curso visa promover a igualdade de gênero e impulsionar mulheres a desenvolver os próprios talentos. A executiva admite que demorou a perceber que praticamente tudo, desde trabalhos domésticos a políticas das empresas, poderia ser negociado. “Para adotar essa visão precisamos ser mais questionadoras e estar dispostas e nos indispor um pouco”, avalia. A especialista explica que receios com pedidos pessoais são típicos das mulheres, um incômodo acompanhado do medo de ser percebida como egoísta e arrogante. “A sociedade ainda atribui essas posturas à mulher. O primeiro passo é romper com a máxima de que precisamos ser sempre simpáticas e delicadas”, pondera.

Desigualdade

Segundo dados de 2014 do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), mulheres ainda ganham 30% menos em relação aos homens no Brasil. Mesmo que possua maior nível de instrução superior, a parcela feminina da população ainda ganha 10% menos. Para Daniele Botaro, sócia de Renata na ImpulsoBeta, a situação ainda é complicada pelo fato das mulheres seguirem acumulando atividades maiores com a casa e os filhos “Esse cenário mostra quão essenciais são as ferramentas de negociação para as mulheres, que precisam negociar no contexto profissional, familiar e social”, afirma.

Daniele explica que o curso surge em um momento chave para a luta por igualdade de gênero. “Nossas reinvindicações estão ganhando espaço importante. Precisamos aproveitar o momento para falar a outras mulheres, propagar uma mensagem de empoderamento”.

As inscrições para o curso NegociaBeta já estão abertas para aquelas que buscam maiores aspirações profissionais e querem esse espaço na sociedade sem limitações. Para mais informações, basta acessar:

http://academia.impulsobeta.com.br/negociabeta/

( BLUE CHIP)