OlhO Comunicação

As obras de Sertão Kosmico integram o coletivo no Lowbrow. (divulgação)

Lowbrow inaugura nova exposição nesta quarta-feira (12)

Entra em cartaz na quarta-feira (12) na galeria de arte do Lowbrow Lab Art & Boteco a mostra COLA. A coletiva reúne obras de Marcelo Marostica, Fabrício Tavares (Truculento), Sertão Kosmico e Rustoff. Serão 24 peças no total, que variam entre as técnicas de colagem sobre papel, acrílica sobre tela, lambe lambe sobre parede e em madeira e stencil. A curadoria da mostra é de Roan, proprietário da casa. “A ideia é trazer o universo da rua para galeria”, conta. A mostra abre às 19 horas e sua visitação é gratuita.

A casa recebe também na quarta-feira (12) o show André Quinteto Instrumental. Comandado pelo trombonista André Luiz Martins, o grupo é formado por Sillas Rodrigues (flauta), Fabrício Chaves (violão e guitarra), Marcos Merê (contrabaixo acústico) e Manoel de Souza (bateria). No repertório, muita música brasileira e jazz. O show começa às 22 horas e os ingressos custam R$ 5,00.

Sobre os artistas

Marcelo Marostica começou seus estudos em colagem em 2016 e, a partir daí, se aventurou em mixar técnicas variadas à colagem, até que chegou às paredes das ruas de Goiânia, lugar onde nasceu, em forma de lambe lambe. Hoje, visa o regionalismo e os tons modernistas das cores em mix de técnicas. Já participou de diversas exposições e murais. “Por amor a Arte”, expressa Marostica.

Fabrício Tavares (Truculento) é goiano. Fez seus primeiro atos artísticos no banheiro de seu colégio, em sua infância, em 2006. “Reprimido por tal ato, interrompi minhas ações”, brinca. Retornou as atividades em 2018, quando foi convidado a realizar um mural no centro de sua cidade natal, Goiânia, por Fernando Ferreira (2F), artista que o influenciou com diversas referências e “com uma outra visão sobre a Arte”, conta o artista. Desde então, vem ´por meio de seus rabiscos, colagens nas ruas e peças emolduradas se expressando. “Não busco rótulos, mas sim, a expressão”.

Sertão Kosmico, também conhecido como Manolo ou Maranhense pelo povo matense da região do Segredo, é “astrólogo-sertanejo e oncista”, como ele mesmo diz. Nasceu ema Boca-de-Fornalha, sertão da Paraíba. Colecionador de imagens e citações dos povos originários, recorta, cola e prega.

Diogo Rustoff, goianiense, fez seus primeiros trabalhos com stencil em 2006, influenciado por artistas de rua, arte punk e stencil de protestos. Desde então, explora a técnica para os mais variados fins, incluindo o lambe lambe. Seu trabalho tem como principal objeto de pesquisa a figura humana, tipos urbanos e juventude. “Nas ruas, intervenho com personagens em tamanho natural, criando uma relação entre realidade e ficção”, diz. Em seu currículo, possui várias exposições de arte, coletivas e individuais; participações em festivais de arte urbana e murais realizados por onde passa.

SERVIÇO

COLETIVA COLA – Fabrício Tavares, Marcelo Marostica, Sertão Kosmico e Rustoff

ABERTURA: 12 de fevereiro, quarta-feira

HORÁRIO: A partir das 19 horas

ENTRADA FRANCA

LOCAL: Lowbrow Lab Arte & Boteco – Rua 115, nº 1.684, Setor Sul.

TELEFONE: 62 3991-6175

+ SHOW ANDRÉ QUINTETO INSTRUMENTAL

HORÁRIO: 22 HORAS

ENTRADA DO SHOW: R$ 5,00