*por Wagner Felipe Filho, empresário contábil, especialista em gestão empresarial.

Em 22 de setembro é comemorado o dia do contador, em nosso país. Datas comemorativas sempre nos levam a memórias e reflexões. Neste ano, um evento interessante, me fez escrever este texto.

Com a contadora Débora recebendo sua carteira profissional. (crédito: Vanessa Andrade)

Em 2009, em minhas várias idas a um supermercado de Goiânia, que acontecia sempre por volta de 23 horas, coincidia em ser atendido por uma moça muito simpática que por algumas vezes, ela dizia querer trabalhar em um ambiente de escritório, exercendo uma função que a fizesse sempre ler e fazer alguns cálculos, e que definitivamente não queria ser mais caixa de supermercado. Ela disse que já havia feito cursos rápidos na área de contabilidade, e que seu sonho era cursar uma faculdade para se tornar contadora.

Incentivei ela a fazer uma faculdade de Ciências Contábeis. E no final das minhas compras, entreguei meu cartão, e disse: “quando estiver na faculdade, se quiser procurar o escritório…”.

Passou o tempo, um dia ela nos procurou, estava cursando Contábeis. Se inscreveu para uma vaga, e tornou uma de minhas colaboradores do departamento de pessoal por mais de três anos. Depois, decidiu tomar um outro rumo, na contabilidade mesmo.

O tempo passou, e neste anos, durante a semana de comemoração para a classe contábil, tive o prazer de reencontrá-la, com um novo pedido, o de que eu pudesse entregar a sua carteira profissional.

A solenidade de entrega de carteira profissional pelo Conselho Regional de Contabilidade de Goiás aos recém formados contadores, aconteceu no último dia 26.Neste ano, foram 22 profissionais outorgados.

Eu estava lá, com muita honra e prazer de entregar pessoalmente sua carteira profissional. Deixei de ir à minhas aulas no curso de graduação que estou cursando, e também de apresentar um trabalho. Como ela também decidi que é interessante galgar novos caminhos em outras áreas, com novos conhecimentos. Mas, o importante é que estava lá, e realizei a minha satisfação e a vontade dela! Fiquei muito feliz de poder ter sugerido a contabilidade a uma pessoa de alto astral, esforçada e competente.