image009

Pode querer ter filhos? Pode. Pode não querer ter filhos? Pode. Pode ter tatuagem? Pode. Pode ser moderna sem tatuagem? Também pode. quem disse, berenice?, marca especialista em maquiagem, que já nasceu livre, acredita que todas as pessoas devem ser livres, inclusive pra encontrar a sua verdade e beleza, seja ela qual for.

A marca quem disse, berenice? se pauta na liberdade desde o seu lançamento, e nessa campanha o foco é enaltecer que ser livre é saber que não existem verdades absolutas e que todas elas devem, sim, ser respeitadas.

Para enaltecer todo esse conceito, a campanha engloba filmes para TV aberta e fechada, internet e site. A estreia da será no dia 12, com 30”, abordando inclusive questões como “pode usar muita maquiagem?”,pode não usar maquiagem nenhuma?”.

quem disse, berenice? tem uma visão positiva sobre o tema porque desde sua entrada no mercado, há 4 anos, já trouxe o conceito de liberdade, ao contrário de diversas marcas de beleza que durante anos ditaram regras e agora precisam se adequar à uma sociedade que exige a liberdade de opinião e escolha. Esse filme é uma celebração a isso”, reforça Fernando Campos, VP de Criação da Santa Clara, agência responsável pela campanha.

Já no site da campanha (www.quemdisseberenice.com.br/pode) quem disse, berenice? vai além e compartilha histórias de mulheres que acreditam em sua própria liberdade e que lidam muito bem com isso: “pode querer depilar?”, “ pode querer não depilar?”; “pode casar e morar junto?”,pode casar e morar separado?, são algumas questões que viraram depoimentos de mulheres que convivem com suas verdades.

“Acreditamos que todos somos livres pra escolhermos o que é melhor pra nós. Por isso, abordamos na campanha diferentes opiniões e a importância de se respeitar e conviver com as escolhas do outro, porque se queremos liberdade, devemos estimular a liberdade de todos”, explica Gustavo Fruges, gerente de comunicação e branding de quem disse, berenice?(XCOM PR)