DSC_7955

Nesta semana, a Consciente Construtora e Incorporadora encerra o ciclo de entrega dos alimentos não perecíveis arrecadados durante a 1ª Mostra Olhar Consciente Office. Desde quarta-feira (30/4), estão sendo repassados a quatro instituições filantrópicas 460kg de alimentos que substituíram a necessidade de compra de ingressos para a exposição. Além dos mantimentos, as entidades receberam itens de higiene pessoal e de limpeza adquiridos com o dinheiro obtido na venda de ingressos para a Mostra, que custavam R$15,00.

Entre as entidades contempladas estão a ONG Ministério Terra Fértil, o Abrigo Comendador Walmor, o Lar das Crianças de Pai Joaquim e a Associação de Defesa de Idosos Viva Bem. Juntas as organizações filantrópicas atendem cerca de 3 mil pessoas, entre crianças, adolescentes e idosos carentes e/ou em situação de risco.

A primeira a receber as doações foi a Terra Fértil, que atende 2.720 crianças e adolescentes. Com 23 unidades em Goiânia, a ONG direcionou os mantimentos para o Abrigo Adonai, que atua especificamente na área da ressocialização de adolescentes dependentes de substâncias psicoativas. A Diretora da ONG, Rúbia Barbosa, explica que como a instituição não tem fins lucrativos, as doações são contribuições para que os “meninos” tenham sempre refeições de qualidade. “Atendemos 75 meninos, de 10 a 17 anos, que recebem atendimento 24h. Eles moram na instituição, onde também fazem todas as refeições”.

A coordenadora do Abrigo Comendador Walmor, voltada ao cuidado de idosos com idade a partir de 60 anos, Irene Rodrigues, também recebeu as doações de alimentos e materiais de higiene e limpeza. Durante a entrega, a equipe de Responsabilidade Socioambiental da Consciente foi recebida pelos 38 internos com sorrisos e abraços de gratidão. Segundo Irene, a instituição tem muitos gastos com medicamentos, alimentação, higiene e limpeza, bem como com funcionários e contas de água e energia elétrica e os recursos doados chegaram na “hora certa”. “A doação nos ajudará a propiciar melhores condições de vida aos idosos”, disse.

O Lar das Crianças de Pai Joaquim, instituição que abriga e educa cerca de 25 crianças e adolescentes do sexo feminino, também recebeu as doações. Além de internato, a instituição também funciona como creche, recebendo cerca de 30 crianças todos os dias. “Toda nossa receita vem de doações e por meio de trabalho voluntário, como bazares que fazemos para arrecadar fundos, por exemplo. Como nossos gastos são altos, doações como essas tem são muito importantes para nós. Ficamos muito gratas com os donativos”.

Na sexta-feira (08/04), a Associação de Defesa de Idosos Viva Bem, que proporciona encontros semanais, sempre às sextas-feiras, e gratuitos para a comunidade idosa, receberá as doações. A entidade usa os encontros para promover orientação sobre os direitos e deveres dos interessados de acordo com o estatuto do idoso, além de oficinas de trabalhos manuais, como bordados crochês, almofadas, com intuito de ajudar os idosos, muitas vezes carentes, a ter uma fonte extra de renda. Ao todo, a instituição possui 60 matriculados, que ajuda com encaminhamentos médicos e doações de alimentos.