Alunos do 1° ao 5° ano do ensino fundamental participam de atividades de prevenção e combate ao mosquito transmissor da dengue, chikungunya e zika
Campanha contra o Aedes
A Escola Ethos entra na luta contra o mosquito Aedes Aegypti, que transmite os vírus da dengue, chikungunya e zika. Entre os dias 22 de fevereiro e 23 de março, os alunos participam de diversas atividades que visam difundir informações sobre as doenças e como evitar a proliferação do mosquito. O intuito é transformar os alunos em multiplicadores da prevenção e do conhecimento.
Dentro da proposta e do calendário pedagógico proposto pela coordenação da Escola Ethos está previsto a apresentação de vídeos e a realização de debates que discutam sobre a preocupação com a proliferação do mosquito Aedes Aegypti, exibição de reportagens jornalísticas que tratem sobre a problemática do mosquito, apresentação de pesquisas que mostrem o quanto são graves as doenças que ele causa, identificação dos alunos e familiares que já tiveram dengue, confecção de cartazes e muito mais.
Os alunos levaram para casa a lição:
– Evite usar pratos nos vasos de plantas. Se usar, coloque areia até a borda;
– Guarde garrafas com o gargalo virado para baixo;
– Mantenha lixeiras tampadas;
– Deixe os depósitos para guardar água sempre vedados, sem nenhuma abertura; principalmente as caixas d’água
– Plantas como Bromélias devem ser evitadas, pois acumulam água;
– Trate a água da piscina com cloro e limpe uma vez por semana;
– Mantenha ralos fechados e desentupidos;
– Lave com escova os potes de comida e de água dos animais no mínimo uma vez por semana;
– Retire a água acumulada em lajes;
– Dê descarga no mínimo, uma vez por semana, em banheiro pouco usado;
– Mantenha fechada a tampa do vaso sanitário;
– Evite acumular entulho, pois podem se tornar locais de foco do mosquito da dengue.
Saiba mais 
 
Dengue: A dengue é uma doença febril aguda causada por um vírus, sendo um dos principais problemas de saúde pública no mundo. O seu principal vetor de transmissão é o mosquito Aedes aegypti, que se desenvolve em áreas tropicais e subtropicais.
A Organização Mundial da Saúde (OMS) estima que entre 50 a 100 milhões de pessoas se infectem anualmente com a dengue em mais de 100 países de todos os continentes, exceto a Europa. Cerca de 550 mil doentes necessitam de hospitalização e 20 mil morrem em consequência da dengue.
Existem quatro tipos de dengue, pois o vírus causador da dengue possui quatro sorotipos: DEN-1, DEN-2, DEN-3 e DEN-4. A infecção por um deles dá proteção permanente para o mesmo sorotipo, mas imunidade parcial e temporária contra os outros três.
Chikungunya: Febre Chikungunya é uma doença parecida com a dengue, causada pelo vírus CHIKV, da família Togaviridae. Seu modo de transmissão é pela picada do mosquito Aedes aegypti infectado e, menos comumente, pelo mosquito Aedes albopictus.
Seus sintomas são semelhantes aos da dengue: febre, mal-estar, dores pelo corpo, dor de cabeça, apatia e cansaço. Porém, a grande diferença da febre chikungunya está no seu acometimento das articulações: o vírus avança nas juntas dos pacientes e causa inflamações com fortes dores acompanhadas de inchaço, vermelhidão e calor local.
Zika: Zika Vírus é uma infecção causada pelo vírus ZIKV, transmitida pelo mosquito Aedes aegypti, mesmo transmissor da dengue da febre chikungunya. O contágio do vírus ZIKV se dá pelo mosquito que, após picar alguém contaminado, pode transportar o ZIKV durante toda a sua vida, transmitindo a doença para uma população que não possui anticorpos contra ele.
Cronograma de atividades 
22/2 – Apresentar a preocupação com a proliferação do mosquito Aedes Aegypti
Como cidadãos podemos ajudar combatendo o mosquito
Apresentar o vídeo do ciclo de vida do Aedes
Tarefa de casa- trazer uma reportagem que envolva o mosquito Aedes Aegypti
29/2 – Apresentar pesquisas e mostrar o quanto está alarmante as doenças causadas pelo mosquito;
Dar nomes as doenças e  mostrar sintomas.
De acordo com cada turma fazer um gráfico de quantos alunos já tiveram dengue? Quantos familiares?
7/3 – Levantar a questão: o que fazer para se combater o mosquito e se proteger das doenças?
Cada turma durante a semana fala com os funcionários da limpeza e dá um tour verificando tudo
2ª feira –  5º anos
3ª feira -1º anos
4ª feira -2º anos
5ª feira – 3º anos
6ª feira – 4º anos
Tarefa de casa – levar a ficha de combate ao mosquito lançar a campanha junto à família e vizinhos
14/3 – incentivar o uso de repelentes  e fazer o levantamento de como foi a patrulha em casa e vizinhança. Fazer um dingle para o Aedes ou outra proposta para apresentar  na assembleia juntamente com as ações realizadas.
Nessa semana, cada dia, uma turma visita uma turma do infantil de Tots a k2 para uma palestrinha.
Informações a levar: características do mosquito
22/3 – resultado das ações da semana, ensaio do dingle e participação de uma mãe por turma dando depoimento da campanha na residência e vizinhança.