Palestrante promete dar dicas sobre técnicas para se defender de situações como uma ameaça de estupro, por exemplo

Diante de um assalto, a orientação da polícia para vítimas é sempre a de não reagir  à ação dos bandidos. É sobre essa postura passiva que o especialista em segurança Ivan Hermano Filho vai tratar em sua palestra “O seu direito de não ser vítima”, que será realizada no próximo dia 28 de março, às 19 horas, no estande do Parqville Pinheiros, em Goiânia. A apresentação será baseada em estudos estatístico da American Society for Industrial Security International (ASIS) feitos com mais de 4 milhões de pessoas no mundo inteiro que conseguiram escapar de ações de criminosos. As conclusões da ASIS demonstram que existem momentos em que a vítima precisa ter uma atitude proativa com relação ao crime para escapar ilesa, observa Ivan Hermano, que é o único profissional no Brasil habilitado pela entidade para ministrar esse tipo de treinamento.

“Você já deve ter ouvido falar em pessoas que tentaram correr de assaltos, mas estavam travadas de medo e não conseguiram. Outras que tentaram gritar diante de uma situação de pânico e não emitiram som algum. A razão disso é que elas não estavam preparadas e diante de um bandido não sabem e nem conseguem fazer nada, tornando-se presas fáceis para os marginais”, diz Ivan.  O especialista explica que, para cada caso, existe uma reação indicada, e promete dar dicas específicas para várias dessas situações – como os casos de ameaças a violência sexual, por exemplo.

O especialista em segurança informa, com base em estatísticas, que Goiânia já tem índices de violência equivalentes a zona de guerra e a população precisa ser preparada para se defender de possíveis situações de emergência.  De acordo com a ONG mexicana Conselho Cidadão pela Seguridade Social Pública e Justiça Penal, em 2015, Goiânia ocupava a 29ª posição entre as 50 cidades mais violentas do mundo. De acordo ainda com a estatística, neste mesmo ano foi registrada uma média de 43,38 homicídios por 100 mil habitantes. Na data do estudo a população da cidade era de 1.952.607.

“Esse mesmo treinamento é aplicado há mais de 30 anos na Europa, Estados Unidos e Austrália, onde o índice de criminalidade são baixíssimos e, ainda assim, a população recebe orientação para tomar ações frente aos bandidos”, correlaciona.

Segundo o especialista, serão reveladas aos participantes dicas e técnicas que podem garantir a vida de quem for alvo da ação de bandidos. “Não se trata de golpes de artes marciais e coisas semelhantes! Vamos mostrar como devemos trabalhar as nossas mentes e nossas maneiras de agir para revertermos a situação a nosso favor, em um embate com um assassino, um estuprador, um ladrão ou mesmo um sequestrador”, diz Ivan.  As inscrições para o evento são gratuitas e podem ser feitas pelo e-mail camila@cinqdi.com.br.  (COMUNICAÇÃO SEM FRONTEIRAS )

SERVIÇO:

Evento: Momento Parqville

Palestra: O seu direito de não ser vítima

Data: 28/3 (terça-feira)

Horário: 19 horas

Local: Estande do Parqville Pinheiros

Evento gratuito

Inscrições: camila@cinqdi.com.br