Sétima edição da Vanitas coloca em cartaz trabalhos exclusivos de 23 artistas do País. Os cartunistas Allan Sieber e André Dahmer são alguns dos destaques
quando-a-razao-dorme-de-marcellus-nishimoto-nanquim-sobre-papel-56-x-27cm-2016
Quando a razao dorme – Marcellus Nishimoto
No Dia de Finados (2), próxima quarta-feira, às 18h, entra em cartaz a sétima edição da Vanitas. As caveiras são o elemento principal da exposição realizada pela Plus Galeria, e todos os trabalhos que fazem parte da mostra são exclusivos e inéditos. “A Vanitas é a nossa exposição coletiva preferida, pois reunidas, as obras de arte abordam dois temas muitas vezes negligenciados, mas que permanecem simples, igualdade e desapego. Discutir a morte é discutir esses conceitos”, explica a curadora da mostra, Lydia Himmen.
Este ano serão expositores Allan Sieber (RS/RJ), André Dahmer (RJ), Carlos Rezende (SP), Chico Monteiro (DF), El Mendez (GO), Fernanda Guedes (SP), Fernando Mira (RJ), Guilherme Rosa (RS), Helder Amorim (GO), Leandro Dario (SP), Lupe (GO/RJ), Marcellus Nishimoto (GO), Marcelo Peralta (GO), Mariana Martins (SP), Odon Nogueira (GO), Oscar Fortunato (GO), Ramon Rodrigues (SC), Ricardo Gauthama (DF), Ritchelly Oliveira (GO), Rustoff (GO), Sérvio Tulio Caetano (GO/DF), Thais Ueda (SP) e Wolney Fernandes (GO).
“A Vanitas é a forma que encontramos para celebrar a vida, nos lembrar sobre a finitude de tudo, e um ótimo momento para repensar nossa existência e valores”, completa Himmen. Este ano a exposição tem a colaboração da tequila mexicana El Jimador.
O termo ‘vanitas’ significa ‘vazio’, ‘futilidade’ em latim, e simboliza o efêmero. Dele são derivados tanto o substantivo ‘vaidade’ quanto o adjetivo ‘vão’, da nossa língua. É possível, assim, entender a maior parte das naturezas mortas e trabalhos artísticos que fazem alusão à morte, não apenas como demonstração de virtuosismo artístico, mas como provocações sociais, alegorias morais, mensagens que permitem a reflexão sobre a certeza da morte e a transitoriedade da vida.
Homenagem
A participação de Marcellus Nishimoto é particularmente especial nesta edição. Com a pintura em nanquim batizada “Quando a razão dorme”, ele faz uma homenagem ao pintor iluminista espanhol Francisco de Goya, especificamente a uma série de gravuras que o artista produziu em 1799, chamada “Los Caprichos”. A série é um importante elemento de ruptura de padrões artísticos, e por causa dela, Goya é considerado um dos pioneiros da arte moderna.
Vernissage
No evento de abertura haverá uma nova edição da Garage Tattoo Plus, com os tatuadores e artistas El Mendez e Rustoff. A chef Thaisy Sosnoski oferecerá comidas mexicanas durante o evento. A ambientação musical será de Fortunato, que reuniu discos em vinil mexicanos para tocar durante a vernissage.  (Marcellus Araújo)
SERVIÇO
O quê: Vernissage da Exposição Vanitas 2016 – Dia de Los Muertos
Quando: Quarta-feira (02), das 18h às 22h
Onde: Plus Galeria (Rua 114, nº 70, Setor Sul, Goiânia-GO)
Entrada franca. Obras de arte, tatuagens bebidas e comidas à venda.
Exposição Vanitas 2016
Visitação: De 2 de novembro a 2 de dezembro
Onde: Plus Galeria (Rua 114, nº 70, Setor Sul, Goiânia-GO)
Entrada franca. Todas as obras expostas estão à venda.