cartaz

Acontece em Goiânia, na VILA CULTURAL CORA CORALINA no dia de 28 de junho (quarta feira) às 20h a ABERTURA da Exposição Coletiva “Dalí e de Cá” – uma homenagem ao Surrealismo, dos artistas Augusto Selva, Malaquias Belo, Pirandello e Tolentino. 

Sob a Curadoria do respeitável artista  Alexandre Liah, este grupo de quatro artistas com larga experiência e vivência artística, (veja anexo breve curriculum), se reuniu em torno da ideia de homenagear a estética do Surrealismo.

Serão expostas 30 obras inéditas que, a partir da visão,  técnica e a forma  particular de pintar destes artistas goianos, trazem ao público um mergulho na poesia colorida, na loucura sã e no passeio belo e inquietante das imagens que emergem do inconsciente.

Por ocasião da Abertura, no dia 28, será lido um ‘Manifesto Surreal’ (exatamente às 21h 12min e 38s) que a maneira do Manifesto do Surrealismo (André Breton, 1924) questiona parâmetros de ‘normalidade’ no arcabouço psicoprosaicocindido da sociedade contemporânea. Ainda, durante a Abertura, ocorrerão manifestações musicais, poéticas e teatrais que reforçam e sustém  o surreal caldo cultural.

A exposição, que conta com o Apoio Institucional da Lei de Incentivo a Cultura – Lei Goyazes,  permanece na Vila Cultural Cora Coralina, ( Rua 3 com Av. Tocantins, Centro, atrás do Teatro Goiânia), aberta ao público  até dia 13 de agosto em horário normal de funcionamento, das 9:00 as 17:00 h, inclusive sábados, domingos e feriados. (Marcelo Lacerda)

 

RESUMO

Exposição Coletiva “Dalí e de Cá” – Homenagem ao Surrealismo.

Artistas: Augusto Selva, Malaquias Belo, Pirandello e Tolentino.

Abertura: 28 de junho de 2017, quarta feira, as 20:00h.

Visitação: de 29/06 até dia 13/08/2017, de segunda a sexta das 9h – 17h; sáb., dom. e feriados 10h – 16h.

Local: Vila Cultural Cora Coralina, Rua 3 esquina com Av. Tocantins, Centro, Goiânia, fone: 62 – 3201 9863.