Evento vai reunir, no dia 20 de outubro, produtores, técnicos, profissionais, estudantes e demais públicos que atuam com pecuária leiteira em Goiás
pecuaria-leiteira-larissa_melo-52
(crédito: larissa melo)
A Federação da Agricultura e Pecuária de Goiás (Faeg) e o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural em Goiás (Senar Goiás), em parceria com Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae Goiás), vão realizar nesta quinta-feira (20), das 8h30 às 17 horas, no Clube de Pesca Lago Verde, em Goiânia, o 1º Encontro Estadual de Empreendedores do Leite. Voltado para produtores, empreendedores, profissionais, técnicos, estudantes e demais pessoas ligadas à cadeia leiteira em Goiás, o evento busca discutir assuntos que permeiam a rotina de quem empreende e movimenta o setor de pecuária leiteira no estado.
Entre os temas programados estão gestão de pessoas na propriedade leiteira, investimento no capital social, economia com foco na produção leiteira, assistência técnica como fator de competitividade, além de apresentação de cases de sucesso. Os assuntos serão debatidos por renomados especialistas do setor. Para o presidente da Faeg, José Mário Schreiner, que também preside o Conselho Administrativo do Senar Goiás, o evento é de suma importância para discutir modernidade e tecnologia com os produtores de leite no estado. “Eventos como esse faz com que as novas tecnologias, o empreendedorismo e a ciência como um todo possam ser aplicadas no meio rural. Com isso os produtores irão conseguir alavancar a produtividade na fazenda”, diz.
Durante a abertura do encontro, ocorrerá o lançamento do programa Senar Mais – Educação Continuada, Produção Assistida -, que tem por objetivo oferecer assistência técnicas e gerencial aos produtores rurais em Goiás, possibilitando explorar com mais eficiente da atividade, aumentando a renda e melhorando a qualidade de vida do produtor e de seus familiares. Os interessados em participar do encontro poderão se inscrever por meio do site: www.gatheros.com/evento/encontro-estatual-de-empreendedores-do-leite-1o-dia. A inscrição é gratuita. A estimativa é que mil pessoas participem do evento.
Debates
Entre os convidados está o chefe-geral da Embrapa Gado de Leite, Paulo do Carmo Martins. Ele abordará, durante o encontro, a evolução da produção leiteira nas principais regiões do Brasil, com destaque para Goiás, e discutirá a nova forma de produzir leite que começa a surgir no País, com a 4ª Revolução Industrial, a Internet das coisas e a necessidade de compartilhar ideias e equipamentos. “Mas tudo com uma abordagem aplicada ao dia a dia do produtor de leite”, garante.
O gerente da Fazenda Colorado, Sérgio Soriano, também estará presente no encontro e falará sobre gestão de pessoas na propriedade leiteira. “São elas que fazem as coisas acontecerem, porém esquecemos disso, às vezes. O grande diferencial está na equipe e de que maneira isso é trabalhado no dia a dia. Quero levar essa ideia para o evento e mostrar a grande importância das pessoas no contexto do negócio”, enfatiza. Soriano trabalha há 22 anos com pecuária leiteira, sendo que há 12 anos exerce a função de gestor na Fazenda Colorado, localizada em Araras (SP). “Faço toda a parte de planejamento estratégico, novos projetos e desenvolvimento da equipe, por meio de palestras e eventos com coordenadores. Temos uma gestão bastante participativa, no qual procuro valorizar as opiniões dos colaboradores e demonstrar resultados. Tudo que buscamos é, de uma forma simples e bem objetiva, engajar as pessoas na empresa”, afirma.
De acordo com ele, essa forma de gestão permite à propriedade alcançar resultados positivos e apresentar diferenciais em relação a outras fazendas. Atualmente, a Colorado é referência em produção leiteira e possui 1.700 hectares, sendo 650 ha para pecuária e o restante para áreas de conservação e produção de laranja. São 4 mil animais – entre vacas e bezerros -, com 1.750 em ordenha, resultando em uma produção de 70 mil litros por dia. “O que nos difere é a clareza e a simplicidade que fazemos as coisas e o respeito pela individualidade de cada um, valorizando as diferenças, cumprindo o nosso papel em criar valor sem prejudicar os demais e o meio ambiente”, reforça. (Gerência de Comunicação da Faeg e Senar Goiás)
Programação
20 de outubro (quinta-feira)
8h30 às 9h30 – Abertura (lançamento do programa Senar Mais – Educação Continuada/Produção Assistida)
Painel Economia, Capital Social e Gestão de Pessoas na Atividade Leiteira
9h30 às 10h10 – Palestra Economia com foco na produção de leite – com Paulo do Carmo Martins, chefe-geral da Embrapa Gado de Leite
10h10 às 10h50 – Palestra Gestão de pessoas na propriedade leiteira – com Sérgio Soriano, gerente da Fazenda Colorado
10h50 às 11h30 – Palestra Investimento no Capital Social – com prof. Fernando Curi Peres, Esalq/USP
11h30 às 12 horas – Debate
12 às 13h30 – Almoço
13h30 às 14 horas – Momento de descontração
14 às 14h30 – Painel Empreendedorismo do Leite em Goiás – moderação: Eurípedes Bassamurfo da Costa, superintendente do Senar Goiás e 1º vice-presidente administrativo da Faeg
Convidados: Rogério Trevisoli (Pasto/Caçu) – 14 às 14h30
Márcio Ribeiro Pinto (Compost Barn/Itapuranga) – 14h30 às 15h30
Reinaldo Figueiredo (Free Stall/Cristalina) – 15 às 15h30
15h30 às 16 horas – Debate
16 às 16h40 – Palestra Gestão da Atividade Leiteira – Assistência Técnica como fator de competitividade – com Carlos Eduardo de Carvalho, consultor técnico do Senar Goiás
16h40 às 17 horas – Homenagem aos produtores de leite do Programa Goiás Mais Leite
17 horas – Encerramento
Serviço
1º Encontro Estadual de Empreendedores do Leite
Data: 20 de outubro de 2016 (quinta-feira)
Horário: 8h30 às 17 horas
Local: Clube de Pesca Lago Verde – Rodovia GO 070 (saída para Inhumas), Km 8, Jardim Primavera, Goiânia (GO)