festival-internacional-rioharp2016-1
A harpista Aline Araújo e a cantora Sara Araújo. (crédito: Ieda Luttgardes)

A harpista Aline Araújo, filha da primeira cantora a gravar discos gospel no Brasil, Sara Araújo, e integrante da Orquestra Jovem de Goiás, será laureada, no dia 10 de Novembro, com o Troféu Pequi. A premiação tem como objetivo homenagear pessoas que se destacam em sua área de trabalho, e acontece há três décadas consecutivas, sendo realizado pelo empresário e escritor Vasco José Mota.

De acordo com o idealizador do evento, será a primeira vez que uma harpista está entre os homenageados. “Estamos honrados por essa oportunidade de sermos os primeiros a reconhecer o trabalho desta pequena notável.” disse.

No evento, Aline Araújo irá apresentar a música Uma Harpa no Sertão, de sua autoria, e que destacou em suas apresentações no Festival Internacional RioHarp. Neste festival, que aconteceu em maio deste ano, a musicista foi a única mulher a representar o Estado de Goiás.