Ana Lucia Venerando

Ira! é a próxima atração da série que comemora os 40 anos do Teatro Sérgio Cardoso. Nasi, acompanhado do músico Jhonny Boy Chaves, se apresenta no tradicional teatro paulista, sem plateia, cantando clássicos que marcaram várias gerações. A exibição será transmitida na sexta-feira, 14 de agosto, às 21h, pela plataforma #CulturaEmCasa (http://www.culturaemcasa.com.br), criada pela Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo e gerida pela Amigos da Arte.

O setlist do show vai desde Flores em Você, do disco Vivendo e Não Aprendendo (1986) considerado um dos melhores álbuns dos anos 80, passando por Bebendo Vinho (Vander Wildner), Meu Patuá (Muddy Waters/Vrs. Nasi), e Hoochie Coochie Man (Muddy Waters). Nasi conta que a gravação para a série Teatro Sérgio Cardoso 40 anos foi o primeiro trabalho que participou durante o período da pandemia.

“Gravamos em abril e, até então, não tínhamos feito nenhuma live. Fiquei muito grato pelo convite e por tudo que a iniciativa envolve. Estão sendo convidados muitos artistas de várias áreas num teatro fantástico e histórico, como é o Sérgio Cardoso. E cantando, neste espaço tão grande e tradicional, sem público, me senti o Fantasma da Ópera. Esse projeto chegou em boa hora para levarmos arte para a casa das pessoas e também para reverenciar esse espaço tão importante para a cidade”, destaca Nasi, que nasceu na Rua 13 de Maio, próximo ao teatro.

A série, lançada no dia 10 de julho, faz parte da comemoração de aniversário do Teatro Sérgio Cardoso, um dos principais teatros de São Paulo, que completa quatro décadas em outubro deste ano. Assim como todos os equipamentos culturais, o Sérgio Cardoso continua fechado devido ao isolamento social. Mas a arte não pode parar. E pensando em disponibilizar cultura e entretenimento, de qualidade, gratuitamente, ao maior número de pessoas, toda sexta-feira, às 21h será veiculada apresentação de artistas que gravaram especiais no Teatro Sérgio Cardoso sem plateia.

Compositores, músicos, cantores e atores foram convidados a se apresentar no teatro vazio. Uma experiência única para cada um deles e também para quem acompanhar a série na plataforma #CulturaEmCasa. Já se apresentaram na série a cantora Ana Cañas, o pianista Vitor Araújo, o ator e palhaço, Raul Barreto, do grupo Parlapatões, Simoninha e a atriz Lara Córdulla.

“Nosso objetivo é que o conteúdo cultural disponibilizado na plataforma seja amplo e diverso. E que também possibilite experiências inéditas para os protagonistas da cultura e arte”, afirma Danielle Nigromonte, diretora-geral da Amigos da Arte.

Sobre o Teatro Sérgio Cardoso

Localizado no boêmio bairro paulistano do Bixiga, o Teatro Sérgio Cardoso foi inaugurado em 13 de outubro de 1980, com uma homenagem ao ator. Na ocasião, foi encenado um espetáculo com roteiro dele próprio, intitulado “Sérgio Cardoso em Prosa e Verso”. No elenco, a ex-esposa Nydia Licia, Umberto Magnani, Emílio di Biasi e Rubens de Falco, sob a direção de Gianni Rato. A peça “Rasga Coração”, de Oduvaldo Viana Filho, protagonizada pelo ator Raul Cortez e dirigida por José Renato, cumpriu a primeira temporada do teatro.

Sobre o #CulturaEmCasa

A plataforma #CulturaEmCasa foi lançada no dia 20 de abril. Seu objetivo é ampliar o acesso da população a conteúdos culturais de qualidade, 100% gratuito. Nos três primeiros meses, registrou cerca de 1,2 milhão de acessos aos mais de 800 conteúdos disponibilizados.

O conteúdo é gerado pelas instituições culturais vinculadas à Secretaria, por instituições parceiras e por artistas e produtores culturais independentes, que são remunerados pelo licenciamento. Trata-se, portanto, de um instrumento de geração de renda e oportunidades para o setor cultural e criativo de São Paulo.

Realizado pela plataforma, o Festival #CulturaEmCasa apresenta lives de artistas representativos da diversidade cultural de São Paulo, como Renato Teixeira, José Celso Martinez Corrêa, Supla, Sérgio Mamberti, Tom Zé, André Abujamra, Cássio Scapin, entre outros. De sexta a domingo, também às 21h30.

A plataforma segue apresentando as lives do Intensivão #CulturaEmCasa (terças e quintas-feiras às 17h). O Intensivão série de aulas e palestras com temas diversos relacionados à arte e à criatividade. Já participaram nomes como Marcelo Tas, Débora Tabacof, Estéfi Machado, Ivam Cabral, Rita Von Hunty e Dona Jacira, Paulo Jackson (do Museu Catavento) entre outros.

Ainda no formato live, a plataforma #CulturaEmCasa também lançou no dia 29 de junho, o programa #Diálogos Necessários, que reúne pensadores e profissionais de diversas áreas para reflexões plurais com abordagens diversificadas e antagônicas. Os encontros serão moderados pelo ensaísta e professor de Literatura João Cezar de Castro Rocha e pelo jornalista Martim Vasques da Cunha. O #Diálogos Necessários é veiculado todas as segundas e quartas-feiras, às 17h.

Na plataforma, também é possível acompanhar o #SPGastonomia, lançado no dia 6 de julho. De segunda a quinta-feira, às 19h30, chefs, nutricionistas e especialistas brindarão o público com aulas, receitas, histórias, curiosidades e debates sobre diversos temas relacionados à gastronomia de São Paulo. Será uma grande vitrine da diversidade e da qualidade do setor. As lives têm nomes como Lucas Corazza, Mohamad Hindi, André Boccato e Morena Leite.

A plataforma reúne também conteúdos inéditos das instituições da Secretaria, entre as quais a OSESP, a Jazz Sinfônica, a Pinacoteca, o Museu da Imagem e do Som, o Museu do Futebol, o Museu da Diversidade Sexual, a São Paulo Companhia de Dança, o Projeto Guri e a SP Companhia de Dança.

Serviço:

Série: Teatro Sérgio Cardoso 40 Anos – Ira!

14 de agosto às 21h

Site:

www.culturaemcasa.com.br