Rafael Italiani / Loures

Ação em parceria com Itaú Social vai oferecer bolsas para repórteres produzirem suas reportagens

Os jornalistas profissionais especializados na cobertura das pautas de Educação têm até o próximo domingo (25) para se inscreverem na 2ª edição do edital “Jornalismo de Educação”. A ação é promovida pela Jeduca (Associação de Jornalistas de Educação) e o Itaú Social. Neste ano, serão priorizadas as reportagens que abordem questões relacionadas às desigualdades educacionais. Os outros temas, porém, não serão descartados.

“Neste momento tão atípico que estamos vivendo devido à pandemia, as desigualdades brasileiras, especialmente as educacionais, já tão grandes, ficaram ainda mais evidentes”, afirma Fábio Takahashi, presidente da Jeduca. “Priorizar as pautas e trabalhos relacionados a essas questões é uma forma de estimular e apoiar o olhar mais atento para esses problemas”.

A Jeduca o Itaú Social vão oferecer oito bolsas de R$ 8 mil para a produção de uma reportagem ou uma série de matérias. Para receber o benefício, os profissionais devem apresentar um roteiro de apuração e projeto de pauta, com carta de aprovação do editor do veículo determinado, com o interesse do jornal pela publicação do material final.

Originalidade, qualidade e relevância social serão os pilares principais para a avaliação da comissão julgadora, formada pelos jornalistas Denise Chiarato, Marta Avancini, Ricardo Falzetta e Rodrigo Ratier.

Jeduca (www.jeduca.org.br)
A Jeduca é uma associação criada em 2016 por jornalistas que cobrem educação, para apoiar outros profissionais do jornalismo que trabalham com o tema, de forma rotineira ou esporádica. Sua missão é qualificar e ampliar a cobertura da educação no país, por meio da produção de materiais como guias, reportagens e webinários; disponibilização de uma editora pública para ajudar repórteres do país todo em suas apurações; e a gestão de uma rede de cerca de 900 associados para troca de ideias e de informações sobre o tema.

Itaú Social (www.itausocial.org.br)
O Itaú Social é uma fundação empresarial que, há 25 anos, trabalha pela melhoria da educação pública no Brasil. A atuação se dá em dois pilares: formação dos profissionais da educação e fortalecimento de organizações da sociedade civil. Atua como polo de desenvolvimento educacional, ou seja, como articulador, agregador e potencializador de ações em prol da educação. Como os desafios são muitos, os esforços precisam ser diversos e em rede. Por isso, o Itaú Social trabalha com uma ampla rede de parceiros.