Mayara Rosa dará um workshop de hip-hop. (divulgação)

Apresentações integram o projeto Música no Vão, que neste ano ocorre em formato digital

Desde que foi criado pelo MASP, em 2017, o objetivo do projeto Música no Vão é ocupar o espaço com shows gratuitos de artistas e bandas brasileiras. Essa era uma das propostas, aliás, da própria Lina Bo Bardi (1914-1992), arquiteta que projetou o edifício do museu: que esse fosse um lugar de lazer e convivência para população.

Fechado desde março de 2020 por conta da pandemia de covid-19, o MASP segue estudando estratégias para promover encontros, a distância, entre a arte e o público. Como parte desse processo, o museu decidiu retomar as apresentações musicais, mas no ambiente virtual.

Com patrocínio master da Unilever e de sua marca Rexona e patrocínio da Adidas, estão previstas edições ao longo do segundo semestre de 2020. Dançarinos irão promover workshops das 18h às 19h, e os shows serão das 19h às 20h —ambos ocorrerão no auditório do MASP, sem plateia. As transmissões serão ao vivo e feitas pelo perfil do MASP no YouTube.

A curadoria da programação está a cargo de Artur Santoro, um dos diretores da BATEKOO. A festa, que acontece em cidades como Salvador, Rio de Janeiro e São Paulo, é também uma plataforma de entretenimento, cultura e informação que foca a juventude negra e LGBTQ+.

No dia 25, sexta-feira, a dançarina Mayara Rosa dará um workshop de hip-hop às 18h. Vertente de dança urbana que surgiu nos Estados Unidos nos anos 1970, o hip-hop representa uma cultura que engloba música, dança, arte, moda etc. Na oficina, quem estiver assistindo será convidado a aprender alguns passos básicos.
Em seguida, às 19h, o público poderá conferir show de Rincon Sapiência, artista, MC, produtor e empresário. Em 2017, lançou “Galanga Livre”, seu álbum de estreia. Com ele, recebeu o título de Revelação do Ano no Prêmio Multishow e Artista do Ano pela Associação Paulista dos Críticos de Artes (APCA). Versátil, já fez parcerias com Sidney Magal, Alice Caymmi, Rubel, Drik Barbosa e IZA. Em 2018, lançou o selo musical independente MGoma. No ano seguinte, 2019, lançou “Mundo Manicongo: Dramas, Danças e Afroreps”, seu segundo álbum de carreira, produzido e dirigido por ele. Em agosto deste ano, lançou o single “Malícia”.

SERVIÇO
Música no vão
25.9 – sexta
18h – workshop de hip-hop com Mayara Rosa
19h – show com Rincon Sapiência

Transmissão ao vivo via YouTube: http://www.youtube.com/channel/UCl_tZ6fP9TdaATguYYRC1XA