Bastidores – Assessoria de Comunicação

O Hospital Estadual e Maternidade Nossa Senhora de Lourdes (HEMNSL), por meio do Serviço Social e  Capelania da unidade, promoveu ontem (9 de julho), o penúltimo encontro do 102º grupo Gestar Vidas, onde foram abordadas técnicas terapêuticas voltadas aos recém-nascidos, como a Shantala e o banho de ofurô, utilizados principalmente para o relaxamento do bebê, além de promover benefícios para a saúde.

A fisioterapeuta Thatiany Ikeda apresentou às mães a Shantala, massagem indiana que ajuda tanto na prevenção quanto no tratamento de problemas relacionados ao sistema gastrointestinal, como cólicas e prisão de ventre. “Estudos mostram que a shantala também ajuda a regularizar o sono, acalma e reduz as cólicas. A massagem indiana também pode auxiliar os bebês a terem uma melhor percepção do próprio corpo, funcionando como um estimulante para um melhor desenvolvimento psicomotor. Outro benefício é o desenvolvimento do vínculo materno por meio do toque, capaz de equilibrar as emoções e acalmar os bebês”, salientou. 

Em seguida, Thatiany ensinou as técnicas da massagem para as mães, mostrando cada movimento dinâmico por todo o corpo do bebê. O banho de ofurô também foi simulado com o uso de bonecos. Esse banho, proporciona aos bebês a sensação aproximada do útero, de conforto, aconchego e tranquilidade, auxiliando, dessa forma, a transição e adaptação do pequeno ao novo ambiente. “Esta é uma forma de relaxamento para o bebê. Portanto, acaba tendo o tempo de duração maior que um banho tradicional e, desde os recém-nascidos até o sexto mês, podem usufruir desse tipo de banho”, finalizou.