Novo trabalho do músico mergulha em suas raízes e memórias

Chal - Capa Enlace_divulgacao

O encontro de Chal e Luís Carlos Sá em O Cio da Terra, composição de Milton Nascimento e Chico Buarque, dá uma dica do que está por vir em Enlace, segundo CD do músico. Nele, Chal canta com a alma as lembranças de uma infância vivida em família, entre o campo e a cidade, que mistura o rústico e o moderno, o rock e o caipira.

São 12 faixas, dez delas autorais e duas regravações de grandes sucessos da música popular brasileira, que ganham novo arranjo e uma interpretação peculiar na voz grave de Chal. Além de O Cio da Terra, ele faz uma releitura de Foi Tudo Culpa do Amor, sucesso com a cantora Diana, na década de 1970, uma composição a quatro mãos com Odair José.

O Studio Recording Vídeo de O Cio da Terra está disponível no YouTube. O trabalho digital está disponível nas plataformas iTunes, Apple Music, GooglePlay, Spotify, Deezer e Rdio com uma faixa gratuita para download. O CD também está disponível em lojas físicas, em Goiânia, e no site do cantor.

Enlace

Na interpretação conjunta com um dos pioneiros do “estilo rock rural”, Sá (do trio original Sá, Rodrix e Guarabyra), Chal debulha os grãos da memória sertaneja e recolhe cada bago musical de uma trajetória que forjou o músico que ele é hoje, com respeito e reverência aos ídolos da música popular brasileira e internacional, sem distinção de vertentes ou estilos. O clipe de O Cio da Terramostra o encontro de dois músicos que unem suas vozes em uma canção emblemática, que marcou gerações e a música brasileira.

Enlace, canção que dá nome ao CD, é um composição visceral, que percorre suas memórias rurais, as quais perpassam todo o disco, e que promove, ao mesmo tempo, uma viagem a um passado não muito distante e um mergulho profundo no seu presente. Enlace, canção e CD, exalta os detalhes de uma vida sem pressa, elementos de união e de uma convivência familiar vívida.

“É o resultado de um trabalho muito intenso, profundo e reflexivo. É parte de um resgate musical e pessoal, onde revelo raízes familiares e da percepção da vida. Intensidade é o tom desse disco”, resume o músico.

As composições que formam o Enlace rural de Chal e suas raízes também falam de esperança, de sonhos e de dificuldades; de liberdade e de compromisso; de inocência e de responsabilidade; do abstrato e do real; de amor e de saudade; que relevam um músico e um trabalho mais maduros.

Enlace expressa mais a minha identidade, revela as raízes da minha música. Aonde o Tempo é Solto (primeiro CD de Chal) é um convite para entrar na minha música. Enlace é absorver essa música”, define.

Na influência do canto, estão músicos como Tião Carreiro e Pardinho, Almir Sater, Milton Nascimento, Sá e Guarabyra, Bob Dylan, Zé Ramalho, Crosby, Stills, Nash & Young. O encontro dessas inspirações compõe o trabalho do Enlace, que irá para a estrada a partir de 2016, quando o cantor abrirá calendário de shows.

O álbum foi gravado pelos músicos Fernando Magalhães, Rodrigo Santos, Kadu Menezes e Sérgio Villarim, com arranjos de cordas de Glauco Fernandes, no Rio de Janeiro, no final de 2013 e começo de 2014, no estúdio Toca do Bandido. Além de cantar, Chal toca gaita na faixa Lobo SolitárioEnlace foi produzido por Felipe Rodarte e Constança Scofield, que dirigiu artisticamente o álbum. (Vivaz Comunicação )

SERVIÇO

CD Enlace, do músico Chal

Onde: Site do Chal (www.chal.com.br), plataformas digitais iTunes, Apple Musicc, GooglePlay, Spotify, Deezer e Rdio e na American Music (Avenida T-10) e The Best of Music (shoppings Bougainville, Buriti e Araguaia)