Larissa Mundim / zeroum comunicação

O segundo mês de atividades on-line do projeto prevê oficinas, espetáculo e narração de histórias para pais e filhos

A mediação de leitura é um dos caminhos para a formação de leitores em qualquer idade, especialmente na infância. Para conversar sobre o assunto e para contar histórias, a escritora e fundadora do projeto Uniduniler todas as letras, Alessandra Roscoe (DF), é a convidada do Encontro com a Literatura Infantil de julho. Transmitida pelo Facebook, no canal @praleromundo, a LIVE está marcada para o dia 11 (sábado), às 11 horas, e integra a programação do Pra Ler o Mundo, ação de estímulo à leitura e formação de leitores realizada pela Cia ju Cata-histórias, com apoio do Fundo de Arte e Cultura de Goiás.

Como mediadora de leitura, a metodologia utilizada por Alessandra Roscoe tem base em literatura partilhada e afeto. Com 45 títulos infantis publicados, a escritora e jornalista traz neste encontro a sua visão sobre o ato de ler, o poder da imaginação e as possibilidades de interação com “as infâncias”: a das crianças que vivem agora e aquela que habita adultos e idosos.

Alessandra Roscoe coordena o Uniduniler, Festival Itinerante de Leitura para todas as idades,  e o Clube Literário para bebês e pré-leitores. No sábado, além da conversa direcionada a pessoas interessadas em mediação de leitura, ela apresenta um espetáculo de contação de histórias cênico-musical. Para isso, a autora vai transitar pela narrativa contida em alguns de seus livros publicados: A Menina que pescava estrelas (que inspirou um filme), A fada EmburradaJacaré BiléA árvore voadoraO Palhaço Picolé e História pra boi casar.

Conceito

“O Pra Ler o Mundo é parte do Festival Encontro e Conto e tem como meta colaborar para a formação de pessoas mais intelectualmente autônomas e aptas a criar, de fato, suas próprias leituras de mundo”, conta Juliana Mado, idealizadora do projeto. A ação continuada é uma das estratégias deste trabalho, tanto para estimular a leitura das crianças quanto para motivar a ocupação da Biblioteca do Centro Cultural Oscar Niemeyer, a partir da flexibilização com segurança das rotinas de isolamento social.

Para tanto, o projeto foi concebido em quatro ciclos: A Criança e o Livro em Multilinguagem, De Férias na Biblioteca, A Fábula e o Teatro, O Livro e o Brincar. As atividades se iniciaram on-line em 2 de junho e seguem até dezembro, com quase 100 oficinas, espetáculos, shows musicais, conversa com especialistas em literatura infantil e narração de histórias. A programação de julho começou nesta terça-feira (7/7), com prática de yoga para pais e filhos, conduzida por Nanda Araújo, que já está disponível no canal @praleromundo no Facebook, no Instagram e no Youtube também.

Outro destaque da programação de julho é a estreia do espetáculo “Contos, cantos e otras cositas mas” do Teatro Destinatário, no dia 14, às 10 horas, com interpretação em LIBRAS. O grupo se inspira em narrativas brasileiras, ameríndias e latino-americanas para contar e cantar as origens do nosso país. O trabalho cênico que reúne Ludmyla Marques, Nathalia Caule e Kamila Marques é inclusivo e brinca com a imagem e a linguagem de sinais, capaz de conquistar a atenção do público ouvinte e surdo também.

Música

Especialmente para quem está formando um bloco musical em casa, a segunda oficina de brinquedo-percussão fica disponível nos canais @praleromundo em 21 de julho, a partir das 10 horas. A atriz e arte-educadora Juliana Mado vai orientar a produção do gunga com material reciclável. Instrumento utilizado em festas da cultura popular, como as congadas, o gunga é um tipo de chocalho que se amarrar no tornozelo para fazer som. A vivência musical do Pra Ler o Mundo se iniciou no mês passado, com a produção caseira do ganzá.

E a atriz Gil Tobias encerra as atividades de julho, com a narração de “Afro Brasileiros: história, contos e encantos”, disponível no dia 28, a partir das 10 horas, nos canais @praleromundo. Segundo ela, este trabalho que mistura contação de história e performance tem por objetivo despertar nas crianças e adolescentes o interesse pelo conhecimento da sua ancestralidade afrodescendente. “Afro Brasileiros: história, contos e encantos” têm negros e negras como protagonistas e procura desenvolver auto-estima, aceitação e representatividade, por meio de histórias fantásticas.

Confira aqui a programação de julho do Pra Ler o Mundo:

JULHO

07 jul ׀ 10h – Prática de Yoga para pais e filhos, com Nanda Araújo. Faixa etária: 5 a 11 anos. Canal: @praleromundo (Instagram, Facebook e YouTube)

11 jul ׀ 11h – Encontro com a Literatura Infantil, LIVE com a escritora e mediadora de leitura Alessandra Roscoe (Uniduniler todas as letras). Canal: @praleromundo (Facebook)

14 jul ׀ 10h – Espetáculo: “Contos, cantos e otras cositas mas”, com Teatro Destinatário (Ludmyla Marques, Nathalia Caule e Kamila Marques). Canal: @praleromundo (Instagram, Facebook e YouTube)

21 jul ׀ 10h – Oficina de Brinquedo-percussão: Gunga, com Juliana Mado. Canal: @praleromundo (Instagram, Facebook e YouTube)

28 jul ׀ 10h – Narração de “Afro Brasileiros: história, contos e encantos”, com Gil Tobias. Canal: @praleromundo (Instagram, Facebook e YouTube)

Mais info: www.praleromundo.com.