De tão natural e automático, poucas pessoas acabam notando, mas usar o vaso sanitário é um daqueles compromissos inescapáveis na rotina de todos, não é verdade? É algo tão básico quanto comer e dormir, mas será que você dá ao vaso o cuidado que ele merece?

A marca Harpic, referência global em limpeza e perfumação do banheiro, deixou o tabu de lado e resolveu investigar nossa relação com o banheiro. E os resultados são surpreendentes.

O estudo descobriu, por exemplo, que quase a metade das pessoas usa o vaso, em média, quatro vezes no dia, sendo que isso vale tanto para homens quanto para mulheres. Assim, em uma semana, são cerca de 30 encontros possíveis com a privada. Não é curioso?

Agora, momento da vergonha: se o uso do vaso é frequente, a sua limpeza é apenas eventual. Segundo a pesquisa, apenas um a cada quatro entrevistados diz fazer essa tarefa diariamente. A maioria, cerca de 60%, encara a limpeza do banheiro só uma vez por semana! 

Bom, se isso não te impressionou, preste atenção nesse dado: a maior parte das mulheres admitiu gastar cerca de dois minutos e meio no vaso, enquanto que a maiorias dos homens pode chegar a sete minutos e meio em cada visita. Matemática rápida: em uma semana, a permanência do gênero feminino no vaso pode chegar às 1h e 15 minutos, enquanto que a do masculino é quase o dobro: 3 horas e meia! Isso é muito tempo em contato com germes e bactérias, vocês não acham?

Mas calma! Se você faz parte do time que só tem tempo para uma faxina semanal (e olhe lá!), não precisa surtar ou virar uma neurótica da limpeza. Já existem soluções muito práticas para limpar e perfumar o vaso, que fazem o trabalho por você nesse intervalo das faxinas! 

Um exemplo perfeito é o novo bloco sanitário Harpic Cliq Gel Adesivo, produto super-higiênico que com um simples cliq, garante um vaso limpo e cheiroso a cada descarga. O Harpic Cliq Gel dispensa acessórios como cestinhas, redes e ganchos, assim você não precisa tocar as mãos no vaso.  E como seu aplicador é descartável, não acumula germes e bactérias dentro da casa. Fala a verdade! Não é o máximo?

Para quem estiver curiosa, a pesquisa de Harpic entrevistou 626 pessoas de 18 a 70 anos, de ambos os gêneros, nas quatro regiões do Brasil no mês de junho de 2015. (Fundamento produções)