Sigbol Fashion registra aumento de 20% no volume de alunos em todas as suas unidades

imagem_release_813030

O cenário econômico do Brasil em 2016 tem impulsionado a busca por cursos profissionalizantes, tanto por quem procura uma nova oportunidade de trabalho quanto por aqueles que querem se qualificar para garantir sua posição na empresa. Segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o número de desempregados atingiu a marca de 11,8 milhões no trimestre encerrado em julho de 2016, o maior índice desde 2012, por outro lado, a busca pela formação impulsionou o crescimento do segmento educacional. De acordo com a Associação Brasileira de Franchising (ABF), as redes de educação e treinamento tiveram um crescimento de 4% no terceiro trimestre deste ano ante o mesmo período de 2015.

Nesse contexto, o segmento de moda acaba atraindo cada vez mais profissionais. Segundo a Associação Brasileira da Indústria Têxtil e de Confecção (Abit), em 2015, o setor foi responsável pela geração de 1,5 milhão de empregos diretos e 8 milhões de vagas indiretas e de profissionais autônomos. Na avaliação da Sigbol Fashion – rede de franquia especializada em cursos profissionalizantes de confecção e moda – o setor de formação profissional tende a crescer cada vez mais, reforçando o papel da educação para enfrentar o atual cenário do país.

Segundo o diretor da empresa, Aluizio de Freitas, o setor de moda, por ser bastante promissor e amplo em seu campo de atuação, desperta cada vez mais o interesse dos profissionais. “Os alunos enxergam a chance de ganhar dinheiro não apenas com a confecção de roupas ou com a atuação na indústria, mas também com os pequenos reparos e customizações, que estão ganhando cada vez mais força em função da crise”, afirma o empresário.

No segundo semestre de 2016, a rede já registra um crescimento de 20% no número de alunos em todas as suas unidades,em seus cursos voltados para o segmento de confecção e moda, com destaque para os cursos de corte e costura sob medida ou industrial, de desenho de moda e também de moda pet. Embora a franquia registre alunos das mais diversas idades matriculados em suas unidades, a faixa etária de maior destaque está entre os 19 e 45 anos, que representam 62% dos alunos.

Ao longo dos 47 anos de existência a empresa já formou mais de 100 mil alunos, sendo 70% deles pessoas interessadas na formação com foco em objetivos profissionais. Além disso, a companhia pretende manter seu ritmo de crescimento e ampliar sua presença no Brasil, buscando novas unidades em regiões do interior de São Paulo, e chegar ao faturamento de R$ 10 milhões até o final de 2016. Atualmente a rede de franquias conta com 18 unidades que oferecem mais de 30 opções de formação no setor.

Sobre a Sigbol Fashion

Desde a década de 60, o método Sigbol de traçado de bases vem sendo considerado inovador e revolucionário. Criado a partir de uma simples ideia de uma estilista italiana, o “Siga as bolinhas e seu molde base estará pronto”, o método deu origem à primeira unidade da escola no Brasil, em 1982. A Sigbol cresceu e ampliou sua área de atuação acompanhando o mercado da moda brasileira e passou a oferecer um extenso programa de cursos que privilegia o ingresso no mercado de trabalho. A escola de moda prepara as pessoas em várias etapas do processo, desde a criação, produção e venda. Mais informações em www.sigbol.com.br(PME Comunicação)