Em sua terceira edição, o Projeto Mamãe e Papai Corujas do Seconci Goiás oferece às famílias um ponto de apoio nesse processo de gravidez e também nos primeiros dias de nascimento da criança

Em 2009, a Universidade de Oxford, nos Estados Unidos, publicou um estudo que aponta a descoberta de uma região no cérebro que é responsável pelo chamado instinto maternal.Mas apesar dessa constatação científica, a grande maioria das mulheres, que estão prestes a ser, ou já são ou pensam em ser mãe, entende que um treinamento para esse momento importante não faria mal a ninguém, muito pelo contrário.

E foi pensando em ajudar as mamães de primeira, de segunda e até de terceira viagem com essas naturais inseguranças e dúvidas diante de um momento tão importante, que uma equipe de profissionais do Seconci – Goiás (Serviço Social da Indústria da Construção no Estado de Goiás) criou o Projeto Mamãe e Papai Corujas, que no próximo dia 11 de maio chega a sua terceira edição. A iniciativa é voltada para trabalhadoras e esposas de trabalhadores de empresas filiadas ao Seconci Goiás. Um total de dez vagas será aberto para pessoas comunidade em geral. As inscrições são gratuitas e podem ser feita até 9 de maio, por meio do site ( https://goo.gl/forms/3wA1KLdP7MulosIl2 ).

Composto por oito módulos ou encontros ao longo da gestação das participantes, o projeto oferece gratuitamente aulas e palestras com especialistas de várias áreas. Nesses encontros, que também são abertos a participação dos papais, são abordados temas como: nutrição da gestante e do bebê, higienização da criança, cuidados com a saúde da mãe e do filho, além de orientações psicológicas para esse momento de novidades, tanto para as mulheres quanto para seus companheiros seja o mais pleno e saudável possível.

Esta nova edição do projeto contará no próximo dia 11, às 14 horas, com uma palestra inaugural com o tema “Compreendendo a ansiedade na gestação, as mudanças na sexualidade e as transformações na estrutura familiar”, ministrada pela psicóloga do Seconci Goiás, Heloísa Silva. Depois, o próximo encontro com as mamães será no dia 18 maio. Tanto a abertura do projeto quanto os demais encontros ocorrerão na sede do Seconci, no Jardim América, em Goiânia. Os demais encontros estão marcados para os dias 23 e 30 de maio, e no mês seguinte nos dias 08, 15, 22, 29 de junho.

Segundo a assistente social do Seconci, a idealizadora do projeto, Joicy Pimenta,  esse trabalho multidisciplinar desenvolvido pela instituição tem o intuito de oferecer às famílias um ponto de apoio nesse processo de gravidez. “É um momento de grandes novidades, transformações e ansiedades. Por isso o conhecimento para conscientizar mães e pais, o que é melhor para a mãe e o bebê, para a segurança nesse momento único, é fundamental para desfazer essas incertezas e dúvidas que são naturais. Além do mais, o curso também tem aulas práticas e as participantes podem aplicar o que aprenderam em sua rotina”, observa.

Conforme Joicy Pimenta, uma novidade para este ano é a oportunidade para as recém mamães e papais, que são “marinheiros de primeira viagem” poderem receber orientações de como cuidar do primogênito. “Muita das vezes os pais não receberam nenhum tipo de orientação e preparos de como lidar com esse novo universo que trazem os primeiros dias de vida de um filho. E nós estaremos aqui para isso sanar todas as dúvidas dessas mães e pais que estão com um recém nascido”, explicou a assistente social.

Além de palestras com foco psicológico, cardiologia, enfermagem, fisioterapia (pilates), fonoaudiologia, ginecologia, obstetrícia, nutrição, odontologia, oftalmologia, pediatria, dermatologista, vacinas e orientações sobre banco de leite para amamentação.


Mamãe inscrita no projeto

Grávida de quatro meses, a servente Juliana Paula de Oliveira, 34 anos, está em sua terceira gestação, mas nem por isso deixa de ter suas dúvidas e inseguranças, principalmente porque a sua segunda gravidez foi interrompida com oito meses e ela, infelizmente, acabou perdendo o bebê. Devido ao ocorrido, Juliana admite que, embora esteja feliz pela chegada de mais um filho (ela já tem uma filha de 9 anos), está se sentido insegura. “Não quero que aconteça o que aconteceu da última vez. Me lembro também que na minha primeira gravidez eu não consegui nem dar o primeiro banho na minha filha, justamente por medo de não saber o que fazer”, lembra.

Trabalhando na obra do condomínio Serra das Areias, empreendimento da CMO Construtora, Juliana ficou sabendo do Projeto Mamãe e Papai Corujas do Seconci – Goiás e decidiu se inscrever. Com uma filha já de 9 anos e após o trauma da segunda gravidez, na qual seu bebê faleceu no oitavo mês de gestação, a servente confessa que engravidar não estava nos planos e diz que foi pega de surpresa. “Espero aprender tudo novamente, porque me esqueci de muita coisa, afinal depois de nove anos me lembro de poucas coisas”, brinca Juliana.

Devido à gravidez, a empresa transferiu Juliana de função, que atualmente trabalha como auxiliar de serviços gerais. Para participar dos encontros do projeto ela também será liberada do trabalho nesses dias. (Johny Cândido)


Serviço
 

Assunto: Projeto Mamãe e Papai Coruja 2018

Data: 11 de maio, data de início do projeto e da realização da palestra de abertura com o tema: “Compreendendo a ansiedade na gestação, as mudanças na sexualidade e as transformações na estrutura familiar”

Horário: a partir das 14h

Local: sede do Seconci Goiás, Rua C-136, Quadra 307, Lote 20/21, 681 – Jardim América

Informações: (62) 3250-7500

Inscrições gratuitas até o dia 9 maio, pelo site ( https://goo.gl/forms/3wA1KLdP7MulosIl2 ), número de vagas é limitado