No dia 07 de outubro, acontece mais uma edição do Projeto Gaveta, no MIS (Museu da Imagem e do Som), em São Paulo. A iniciativa de moda sustentável é de Giovanna Nader e Raquel Vitti Lino, que desde 2013 promovem o evento no eixo Rio-São Paulo, incentivando o consumo consciente através de clothing swap, ou seja, através de troca de roupas usadas em bom estado sem o uso de dinheiro.

Em sua 7ª edição, paralelamente a conhecida troca de roupas, a grande novidade do evento é a Feira Gaveta, que vai reunir cerca de 40 marcas engajadas em sustentabilidade dos segmentos de moda, arte, cultura, design, música, fotografia e gastronomia com comidas e bebidas naturais, orgânicas e artesanais. Giovanna e Raquel tiveram a ideia de incluir a feira no evento, pois perceberam que muitas vezes as pessoas deixam de consumir de maneira consciente por não conhecerem ou não terem acesso às marcas que atuam no segmento. Deste modo, a dupla decidiu então reunir os produtores locais e independentes a fim de aproximar esses públicos.
A programação do evento contará ainda com bate-papos, exposição, workshops de upcycling com bordado e de conserto de calçados e oficina de costura. Tudo para estimular a descoberta do estilo próprio, incentivando a ideia de que a moda deve ser autêntica, transformadora e reflexo de nossa expressão pessoal.

Com exceção dos workshops, o evento é gratuito e qualquer pessoa pode participar. O principal objetivo do Projeto Gaveta é possibilitar ao participante uma imersão no mundo de moda sustentável, influenciando uma mudança de consciência e forma de consumo.

SAIBA MAIS SOBRE O PROJETO GAVETA E A TROCA DE ROUPAS – CLOTHING SWAP

Criado em 2013 por Giovanna Nader e Raquel Vitti Lino, o Projeto Gaveta visa difundir o conceito do clothing swap no Brasil, incentivando o consumo consciente. “A essência do Gaveta é atrair o máximo de pessoas em um evento para trocar e reciclar roupas usadas em bom estado, em 4 anos de projeto já tivemos mais de 1.000 participantes e 25.000 peças circuladas”, explica Giovanna. Uma curadoria de moda faz a escolha das peças seguindo alguns critérios para garantir que o encontro tenha uma essência moderna, fashion e atual. Os itens que não passam pela curadoria do projeto serão doados para a ONG Obra do Berço (www.obradoberco.org.br), que há 77 anos ajuda crianças, adolescentes e famílias a terem uma vida mais justa.  Para saber como participar do evento de troca e suas regras, é só enviar um e-mail para projetogaveta@gmail.com. Os participantes devem tirar do armário tudo que não usam mais e levar ao local indicado pela organização do evento, que promove uma curadoria de moda para definir quais peças serão selecionadas para o encontro – a intenção é garantir que tudo seja atual, bem conservado e com apelo fashion. Cada peça selecionada se transforma em Moeda Gaveta, que será usada para a troca. O valor é correspondente ao tipo de peça (uma camiseta vale uma moeda; uma calça vale duas, etc.).

“Com a realização destes eventos, percebemos que as pessoas estão seguindo menos as tendências e querendo se diferenciar, usando a moda para expressar sua autenticidade e personalidade. O objetivo do Gaveta é proporcionar uma nova experiência de  consumo”. Afirma Raquel. (Eduarda Ferraro)

EXPOSIÇÕES

(Interativa) Gaveta apresenta: Instalação Brechó Replay “Signos das Ruas” com Kelton Campos aka “1996”

O Gaveta convida o Brechó Replay junto com o artista, ilustrador e grafiteiro Kelton Campos aka “1996”, para intervir em uma instalação que traz signos das ruas para representar a arte de rua em um espaço composto por “bandeiras” gigantes de tecidos suspensos, que funcionam como paredes reproduzindo a real identidade do grafite. Do mesmo modo, simultaneamente ao processo do artista, o público também poderá fazer sua intervenção com ferramentas como carimbos, sprays e estêncil, em roupas que estarão suspensas na instalação.

Exposição Descascado – Inauguração em São Paulo

Inaugurada em abril deste ano, no Rio de Janeiro, pela primeira vez a exposição “Descascado’ vem a São Paulo. A mostra, que é uma parceria do Gaveta com o Coletivo Tripé, reúne fotos de dez personas que humanizam o Rio de Janeiro de alguma maneira e foram convidadas a se despirem de suas “cascas”. Entre os participantes estão: André Carvalhal (Malha e Ahlma), Fernanda Cortez (Menos 1 lixo), Tarcísio Cisão (Amigos da Onça), Carol Delgado (Antropóloga e do movimento Puxadinho e Say it Loud, People), Carol Althaller (pesquisadora de tendências), Gessica Justino (Barbeiragem, movimento com barbeiros da zona norte), Luiza Brasil (Mequetrefismos), Gabriela Mazepa (Re-roupa), Pessoal do Batekoo (festa nacional que celebra o movimento negro).

WORKSHOPS

Upcycling de Bordado com Clube do Bordado – 10h

Ministrado pelo Clube do Bordado, os participantes aprenderão a executar quatro variados pontos de bordado livre, entre linha de algodão e pedraria, suficientes para renovar qualquer peça do seu guarda-roupa através das sugestões de ilustrações para interferência indicadas pelos instrutores. Cada participante deverá levar uma peça para ser customizada com os pontos: franja com canutilhos, ponto contínuo com vidrilho ou miçanga, ponto corrente e ponto atrás com linha de algodão.

Kit de materiais incluso: canutilhos, vidrilhos, miçangas, linha de novelo, linha de meada, linha de costura, agulhas n.5 e n.9.
Horário: 10h às 13h

Vagas: 20

Valor: R$200,00

Forma de Pagamento: http://www.oclubedobordado.com/pd-4d0183-upcycling-com-bordado-no-mis-em-sao-paulo-sp.html?ct=194f49&p=1&s=1

Conserto de Calçados – 10h

Os participantes terão uma visão geral sobre o panorama do cenário econômico atual do setor calçadista e os impactos ambientais, sociais e fisiológicos gerados pela indústria. E ainda visão sobre as etapas de criação do calçado nos vieses de desenvolvimento, corte e preparação, pesponto, montagem e materiais. De tal forma a conhecer o nome e utilidade de cada material utilizado no processo de produção, customização e conserto de calçados, aprendendo na prática a consertar os próprios calçados. Cada participante deve levar um calçado usado para que possa executar os ensinamentos com exemplos reais de como funciona o seu conserto e conservação.

Horário: 10h às 13h

Vagas: 15

Valor: R$180,00

Forma de Pagamento: https://www.rabble.com.br/blank-rwrlr/workshop-conserto-de-cal%C3%A7ados

Oficina SOS Costura com Roupa Livre + A Costureirinha – 10h

A oficina será realizada por Mari Pelli, da Roupa Livre e Elisa Dantas, da Costureirinha, que ensinarão aos participantes a fazer ajustes básicos, essenciais para cuidar com mais carinho das roupas. Serão ensinadas técnicas de costura à mão que darão autonomia para os participantes fazerem consertos em suas peças e seguirem as utilizando ajustadas aos seus tamanhos e sem deixar que fiquem encostadas por conta de furinhos ou pequenos defeitos. Consertos e ajustes que serão abordados: barras, consertos de furos, ajustes de peças largas e ajustes criativos.

Todo o material necessário está incluso no valor da oficina e, caso os participantes queiram adquirir os kits de ferramentas de costura, esses estarão à venda.
Horário: 10h às 13h

Vagas: até 20 alunos

Valor: R$150

Forma de Pagamento: https://www.eventbrite.com.br/e/oficina-de-costura-manual-sos-costura-tickets-37700041840

Oficina de Costura Básica Lixo Kit Zero com Roupa Livre + Alinha – 13h

A oficina será realizada com reuso de tecidos, onde os participantes irão confeccionar guardanapos e ecobags. Além da produção dos objetos, os participantes aprenderão técnicas diversas, como corte dos tecidos das peças, fazer barras simples, confecção de sacolas simples, colocação de alças e fechos com cordinhas. Os tecidos a serem utilizados são de reuso do Banco de Tecido, seguindo a ideia de reaproveitar ao máximo o que já existe.

Horário: 13h às 16h

Vagas: até 12 alunos

Valor: R$180

Forma de Pagamento: https://www.eventbrite.com.br/e/oficina-de-costura-kit-lixo-zero-tickets-37696887405

FEIRA GAVETA – 10h

Feira com 40 expositores de marcas e iniciativas sustentáveis dos segmentos de moda, arte, cultura, design, música, fotografia e gastronomia. Marcas confirmadas até o momento:

Brechós: Borogodó do Brechó, Frou Frou Vintage Shop, Lucid Bag, Muambê e vintage&amigos.
Marcas Conscientes: A Fine Mess, be.or, Casa Dobra, Chico Usava, Cine732, CISCO São Paulo, Estúdio Plume, Gioconda Clothing, Goma Ateliê, Kasulo, Lá do Mato, Saboaria Natural, Nau Bikinis, Soyvos, Varanda – Flores em Movimento, Veio na mala, Yes we Grow, Vilin, Tangerina Moon, The concept, It Balm.
Gastronomia: Kiro, La Mitad, ÔTI artesanal, Veggies na Praça.

TALKS

Rebobine, por favor – 14h

Este é um encontro para questionar a velocidade e a quantidade do que sai das linhas de produção da cadeia da moda. Um convite para dar uma pausa e voltar um pouco a fita através de um talk para se aproximar de quem já vem lidando com os excessos, encontrando soluções criativas e de negócios para dar um novo uso às sobras, encontrando, no que ninguém mais enxerga valor, oportunidades mil.

Participantes da mesa:

Mari Pelli – Roupa Livre
Gabi Mazepa – Re-Roupa
Marina Colerato – Modefica
Carolina Delgado – antropóloga
Luciana Nunes – Lucid Bag

Fashion Revolution – 15h30

Como a transparência pode ser um fator fundamental para garantir ética no trabalho e o comércio justo? Neste momento de transição, onde novos conceitos desafiam os modelos de negócio padrão, o Fashion Revolution estimula essas práticas e convida para uma conversa com profissionais e iniciativas que provam que negócios mais conscientes são possíveis.

Mediação: Fashion Revolution Brasil
Participantes da mesa:
Max Nolan Shen
Dari Santos – Alinha
Leandro Elias Miguel – VERT Shoes
Instituto Chão
Raquel Vitti Lino – Projeto Gaveta

Jornalismo de moda e a moda consciente – 17h

Que a moda vem passando por um processo de transformação no Brasil e no mundo é fato. Tema recorrente no exterior, este movimento vem ganhando aos poucos mais forças por aqui por meio de iniciativas como Projeto Gaveta e outros tantos.

Esta mesa pretende discutir a maneira como os veículos de comunicação vêm lidando com esta mudança de comportamento que incentiva um consumo consciente e que instiga as pessoas saberem quem está por trás da confecção de cada peça. Debater como a mídia especializada, que sempre teve o papel de estimular o consumo a cada temporada, vai se comportar daqui pra frente.

Mediação: Giovanna Nader – Projeto Gaveta
Participantes da mesa:
Lilian Pacce
Pedro Diniz – colunista de moda da Folha de S.Paulo
Camila Yahn – FFW
Silvana Holzmeister – Cat Magazine e Harper’s Bazaar

CRONOGRAMA

ABERTURA

10h: Feira Gaveta

WORKSHOPS

10h – 13h: Upclycling de Bordado com Clube do Bordado

10h – 13h: Conserto de Calçados

10h – 13h: Oficina SOS Costura com Roupa Livre + A Costureirinha

13h – 16h: Oficina de Costura Básica Lixo Kit Zero com Roupa Livre + Alinha

TALKS

14h: Rebobine, por favor

15h30: Fashion Revolution

17h: Jornalismo de moda e a moda consciente

TROCAS DE ROUPAS (CLOTING SWAP)

12h: Troca do primeiro grupo

13h: Troca do segundo grupo

14h: Troca do terceiro grupo

15h: Troca do quarto grupo

20h: Encerramento

Serviço Projeto Gaveta:

Site: www.projetogaveta.com

Facebook:www.facebook.com/projetogaveta
Instagram: www.instagram.com/projetogaveta

Evento: https://www.facebook.com/events/114218209280892/