O novo projeto é voltado para públicos específicos: líderes, gestores e colaboradores da Organização das Voluntárias de Goiás – OVG

Wellington Nogueira, estará em Goiânia para o lançamento de um novo projeto de cunho social. (divulgação)
Wellington Nogueira, estará em Goiânia para o lançamento de um novo projeto de cunho social. (divulgação)

 

Com o objetivo de estimular o empreendedorismo social e qualificar profissionais para atuar de forma altamente qualificada no terceiro setor, o Instituto de Pós-Graduação e Graduação – IPOG e a Caminhos Vida Integral criaram o MBA em Gestão e Liderança do Terceiro Setor. O curso será inaugurado na próxima sexta-feira (24/03), às 18h, na Escola de Governo Henrique Santillo.

O novo projeto é voltado para públicos específicos: líderes, gestores e colaboradores da Organização das Voluntárias de Goiás – OVG, instituição que se tornou referência no cuidado às famílias goianas por desenvolver programas de inclusão e proteção social e minimização das desigualdades em Goiás.

De acordo com a Diretora Geral da OVG, Eliana França, a entidade vem experimentando uma mudança na cultura organizacional para se fortalecer e aprimorar suas relações com o Estado e a sociedade. “Nosso propósito com esse MBA é a qualificação dos nossos profissionais na busca por mais eficiência para enfrentar os desafios e garantir a continuidade do nosso trabalho”, comenta.

Para garantir o alto nível do corpo docente, Wellington Nogueira, fundador da renomada ONG Doutores da Alegria, organização que utiliza a arte do palhaço para intervir junto a públicos em situação de vulnerabilidade e risco social em hospitais públicos e ambientes adversos, foi convidado para apadrinhar o MBA.

Wellington comenta que o mundo dos negócios está começando a se dar conta de que para ser próspero e sustentável é necessário colocar a responsabilidade social na sua missão, nas suas ações e, principalmente, na forma de operar o seu empreendimento como um todo. “O grande diferencial do projeto é que todos os docentes que falam sobre trabalhos sociais possuem uma vasta experiência na área e buscam apontar os caminhos de futuro das organizações do terceiro setor no Brasil”, relata. (ASSESSORIA DE IMPRENSA – IPOG)