GIFTBox será instalada no Largo da Carioca para impactar o público sobre a questão do tráfico de pessoas – problema que faz 35,8 milhões de vítimas no mundo. Intervenção poderá ser visitada até o dia 21 de agosto

unnamed (2)

A segunda GiftBox, intervenção que tem como objetivo alertar sobre a questão do tráfico humano será aberta nesta segunda-feira. A caixa gigante, que chama a atenção do público com frases de efeito que fazem parte da rotina de pessoas traficadas, ficará no Largo da Carioca – outra caixa está instalada desde a última sexta-feira Cinelândia. A ação é iniciativa da 27 Million, organização sem fins lucrativos que auxilia pessoas e organizações no combate ao tráfico humano. A ong também promove outras duas ações paralelas também fazem parte da campanha de conscientização: a de realidade virtual que retrata a vida da pessoa traficada, com óculos espalhados por 20 pontos turísticos do Rio e o Dia Olímpico, em parceria com a Organização Bola pra Frente.

Instaladas em pontos-chave da cidade, as GIFTBox chamam a atenção de quem passa por elas e poderão ser visitadas até o dia 21 de agosto. Por fora, a linda e gigantesca caixa de presente mostra como os traficantes enganam as suas vítimas com falsas promessas, simulando o processo de aliciamento. Frases que instigam a curiosidade das pessoas com diversas oportunidades chamam a atenção de quem vê seu exterior. “Viaje pelo mundo e ganhe bom dinheiro”, “dê à sua família um futuro melhor” incentivam o público a ver o que há dentro delas. No interior, a história muda e o cenário é bem diferente. Esse conteúdo é reservado para as pessoas que vivenciam essa experiência.

“A proposta da caixa de presente é ‘enganar’ a população de uma forma segura. Então a gente simula um processo de aliciamento, quando a pessoa entra, ela está pensando que vai receber um presente por causa das frases de efeito, então se deparam com histórias tristes e ruins”, diz Taty Rapini, diretora executiva da 27 Million no Brasil. “Além de sensibilizar sobre esse crime pouco divulgado, nosso objetivo é informar como a pessoa pode proceder perante o crime e como defender pessoas próximas”, completa.

A ação GIFTBox é realizada em parceria com a Secretaria de Estado de Assistência Social e Direitos Humanos, Secretaria Municipal dos Direitos Humanos, do Ministério Público do Trabalho e do Comitê Estadual de Enfrentamento ao Tráfico de Pessoas e Trabalho Escravo. A 27 Million coordena o projeto no Brasil, uma vez que é representante da campanha Stop The Traffik no país.

Na inauguração da caixa da Cinelândia, a repercussão foi positiva. “Eu estava esperando o meu passaporte e me deparei com essa caixa. Aí quando entrei, vi a questão do tráfico humano. Não achava que fosse encontrar essas histórias e acho que é importante falar sobre isso, ainda mais durante as Olimpíadas”, disse a aposentada Cristina Teles.

Além das intervenções com as caixas, uma Campanha de Prevenção foi iniciada no dia 27 de julho no Palácio Guanabara. Na ocasião, foram apresentados cartazes da campanha do Comitê Estadual de Enfrentamento ao Tráfico de Pessoas e Trabalho Escravo, coordenado pela Secretaria de Estado de Assistência Social e Direitos Humanos. O material, que será distribuído pela cidade do Rio de Janeiro e de forma virtual, alerta a população para os crimes de tráfico de pessoas e trabalho escravo e ilustra como os aliciadores agem para seduzir suas vítimas com falsas promessas. A ação é desenvolvida em parceria com a Comissão Nacional de Direitos Humanos do México e a organização 27 Million. (IDEARIA – comunicação & criação de conteúdo)

Serviço

Abertura da GIFTBox Rio de Janeiro

Data: 8 de agosto de 2016

Horário: 10h

Local: Largo da Carioca, Centro, RJ

Horário de funcionamento: De segunda à sexta das 10h às 18h e sábados das 9h às 12h

 

GIFTBox Cinelândia

Horário de funcionamento: Diariamente, das 14h às 21h

Local: Praça da Cinelândia, Centro, RJ

 

Até 21 de agosto