Patrícia Gil

Instalação da obra “Experimento de Suspensão n1”. A rocha de arenito fica suspensa a 80cm do chão. (divulgação)

Paulo Nenflidio revela “Universo Invisível” em mostra que marca importante transição em sua carreira

Com início em 20 de Fevereiro, a exposição “Universo Invisível”, no Museu de Arte Contemporânea da USP, traz seis obras inéditas de Paulo Nenflidio que pretendem revelar os fenômenos físicos que não podemos ver, como a gravidade, o equilíbrio e a tensão, através da união entre arte, ciência e tecnologia.

Uma das obras em exposição, “Experimento de Suspensão nº1”, é composta por um conjunto de roldanas, contrapesos de aço, linhas de nylon e uma rocha. Como seu nome sugere, estes elementos são usados para suspender a rocha de quase 6kg no ar, tarefa que seria impossível se não fosse o delicado equilíbrio de forças encontrado por Nenflidio para contornar a gravidade. A rocha ao mesmo tempo é suspensa e suspende os contrapesos de aço, numa condição onde qualquer mínima mudança em sua configuração seria suficiente para acabar com a estabilidade do conjunto.

O artista tem formação dupla em Artes Visuais e em Eletrônica, o que ajuda a explicar sua forma de ver o mundo e de criar que lembra estudiosos do passado, como Leonardo da Vinci, numa época onde os conhecimentos das áreas de arte e ciência ainda andavam juntos. Isso confere à sua produção um caráter simultâneo de obra de arte e invenção. Apesar de revelarem fenômenos complexos, suas criações têm apresentação minimalista, como em “Tricórdio n1”, composta por três cordas de aço tensionadas por pontes de madeira. A tensão nas cordas manifesta um som latente, ao mesmo tempo em que o arranjo das mesmas faz alusão à união de três pontos para formar um plano no espaço.

Não é de agora que Nenflidio se interessa pelos fenômenos da natureza e da física, tendo trabalhado anteriormente com o eletromagnetismo, o som e a eletrônica, entre outros, o que lhe rendeu o Prêmio Sérgio Motta de Arte e Tecnologia por trabalho realizado. A mostra atual, premiada pelo Edital de Exposições Temporárias 2019/2020 do MAC USP, serve como lembrete de que muitas vezes, não reparamos nas forças da natureza que nos circundam e nos afetam a todo o tempo.

Serviço:  

“Universo Invisível”

Local: Av. Pedro Álvares Cabral, 1301 – Vila Mariana, São Paulo – SP

Abertura: 20/02/2021

Visitação: 20/02/2021 a 23/05/2021

Horário de visitação: Terça à sexta, das 11h às 19h

E-mail contato: comunicacao@omagaleria.com

Valor: gratuito mediante agendamento através da plataforma Sympla: https://www.sympla.com.br/visitamacusp