IMG-20170209-WA0016
O reitor da PUC Goiás, Wolmir Amado e o secretário de Cultura Kleber Adorno.(divulgação)

A Prefeitura de Goiânia, por meio da Secretaria Municipal de Cultura, a PUC Goiás e a Editora Kelps, firmaram na manhã desta quinta-feira, 9, convênio para o lançamento da 5ª edição da Coleção Goiânia em Prosa e Verso, que neste ano contará com centenas de livros de autores consagrados e ingressantes na carreira literária. A parceria ficou definida durante a visita do secretário de Cultura Kleber Adorno, ao reitor da PUC Goiás, Wolmir Amado.

Adorno destacou a essência do projeto, cuja a retomada é uma das promessas de campanha do prefeito Iris Rezende. “Vamos prestigiar todos aqueles que escrevem, com um número significativo de liros. Cabe ao poder público fomentar essa produção, dar oportunidade, democratizar e abrir espaço, de forma que a universidade qualifica sua participação em nossa coleção”, enfatizou.

Durante a reunião, o reitor Wolmir Amado ressaltou a abrangência do projeto, além da alegria por também sediar o lançamento da coleção que está previsto para a Jornada da Cidadania Da PUC Goiás, que ocorre em maio deste ano no Centro de Convenções PUC (Câmpus II, no Jardim Mariliza). “Nenhuma capital do Brasil até então fez um lançamento público com centenas de obras e, claro que isso significa uma honra para a universidade. Mostra uma instituição que está inserida na comunidade, participa da cultura do seu povo e tem convênios importantes com o município, com o estado, com o país, além de mostrar a relevância comunitária da instituição”, concluiu.

As obras serão escolhidas por um conselho editorial e contemplam as diversas facetas literárias (romance, crônica, conto, ensaio e poesia). “Cada um desses livros é a produção do espírito humano civilizatório. As obras físicas e materiais passam nas obras espirituais, intelectuais e de envergadura humana que atravessam séculos. Elas são válidas para as muitas gerações que se sucedem como uma produção espiritual, especial, inusitada e significativa para os diversos povos, gerações, idiomas e culturas”, refletiu o gestor. (Secult Goiânia Ascom)