(divulgação)

Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado

Artistas de Batatais também estão na agenda desta edição do evento que ocorre no sábado, 9 de janeiro, com transmissão pela plataforma #CulturaemCasa

O cantor e compositor sertanejo, Sérgio Reis, é uma das atrações que estão na agenda da #ViradaSPOnline, iniciativa da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo e com gestão da Organização Social Amigos da Arte. O evento consolidou-se no calendário cultural do estado de São Paulo, reunindo grandes nomes de diferentes linguagens artísticas e divulgando a cultura local das cidades paulistas para todo Brasil. A próxima edição acontece no sábado, dia 9 janeiro a partir das 12h. O evento será transmitido ao vivo do Teatro Sérgio Cardoso pela plataforma #CulturaEmCasa.

Destaca-se também a apresentação do grupo musical “O Teatro Mágico”; dos músicos Du Caiçara e Caio Bendasoli que será transmitido ao vivo diretamente do Teatro Sérgio Cardoso, às 22h30.

(Confira a programação abaixo) .

A #ViradaSP Online deste sábado ocorre em parceria com o município de Batatais, considerada Capital Cultural do Estado de São Paulo. A cidade foi selecionada a partir de chamada pública realizada por intermédio do programa #JuntospelaCultura. Diversos artistas e grupos locais também estão na programação, como o show do “Que Bloco é Esse” com muito reggae e samba; da banda de po rock, as peças O Rato no Muro, que faz alusão ao momento político brasileiro na década de 60; da contação de história Do Fundo do Baú: A História de José Olimpio, com o grupo Teatral Athos de Rua; a apresentação A Hora da História, com o artista plástico e músico, Luiz Trentin; e a apresentação da cantora e DJ paraibana Luana Flores .

Além de Batatais, foram selecionados os seguintes municípios por intermédio do #JuntospelaCultura2020: Araçatuba, Santa Bárbara D´Oeste, Marília, Caraguatatuba , Bauru, Guaratinguetá, Indaiatuba, Itapetininga, Mauá, Peruíbe, Presidente Prudente, Rio Grande da Serra, São José do Rio Preto, Sertãozinho e Votuporanga.

Com a impossibilidade de realizar o evento presencialmente, a Secretaria reformulou a proposta para fazer a Virada SP no formato virtual, de modo a manter o evento. Em 2020 ano, a primeira foi realizada em parceria com a cidade de Salto. E a segunda com municípios do Vale do Futuro – Iporanga Registro, Apiaí e Eldorado. Além dos artistas locais, os eventos reuniram várias atrações como Elza Soares, Paulo Miklos, Amilton Godoy, Ellen Oléria, Pato Fu, Pitty e Garotos Podres. Também foram realizadas outras cinco #ViradasSP Online em parceria com as cidades de Rio Grande da Serra, Marília, Santa Bárbara D´Oeste e Araçatuba e Caraguatatuba com participação de artistas como Letrux, as bandas Mato Seco, Pedra Branca, Supla, Benito de Paula, Ana Cañas e Karol Conka, Rolando Bodrin, Roberta Campos, Margareth Menezes, entre outros.

“O formato digital, via plataforma #CulturaEmCasa, permite difundir amplamente e de forma gratuita a produção cultural das mais variadas linguagens de todas as regiões de São Paulo para o restante do Brasil e para outros países, além de apresentar e destacar as características turísticas de cada cidade selecionada no programa #JuntospelaCultura. E este é o objetivo tanto da #ViradaSP Online como da plataforma”, afirma Danielle Nigromonte, diretora-geral da Amigos da Arte.

Sobre a plataforma #CulturaEmCasa

A plataforma #CulturaEmCasa foi lançada no dia 20 de abril pela Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo. Seu objetivo é ampliar o acesso da população a conteúdos culturais de qualidade, 100% gratuito. Nos seis primeiros meses, registrou cerca de 2,5 milhões de visualizações e 2 mil conteúdos disponibilizados. A plataforma reúne também conteúdos inéditos das instituições da Secretaria, entre as quais a OSESP, a Jazz Sinfônica, a Pinacoteca, o Museu da Imagem e do Som, o Museu do Futebol, o Museu da Diversidade Sexual, a São Paulo Companhia de Dança e o Projeto

Guri. O conteúdo também é gerado por instituições parceiras e por artistas e produtores culturais independentes, que são remunerados pelo licenciamento. Trata-se, portanto, de um instrumento de geração de renda e oportunidades para o setor cultural e criativo de São Paulo. Na plataforma também é possível acessar a programação especial, transmitida em novembro, mês da Consciência Negra. Entre as principais atrações estão o I Festival Cinema Negro em Ação, o lançamento do Museu Itamar Assumpção (MU.ITA), com show de Anelis Assumpção.

Realizado também pela plataforma, o Festival #CulturaEmCasa apresenta lives de artistas representativos da diversidade cultural de São Paulo, como Renato Teixeira, José Celso Martinez Corrêa, Supla, Sérgio Mamberti, Tom Zé, André Abujamra, Cássio Scapin, Erasmo Carlos, o pianista Marcelo Bratke, Paula Lima e Alaíde Costa, Digão (Raimundos), João Suplicy, Lucy Alves e Rodrigo Penna, Dom Salvador e Bavini.

Há também as lives do Intensivão #CulturaEmCasa. O Intensivão é uma série de aulas e palestras com temas diversos relacionados à arte e à criatividade. Já participaram nomes como Marcelo Tas, Débora Tabacof, Estéfi Machado, Ivam Cabral, Rita Von Hunty e Dona Jacira, Paulo Jackson (do Museu Catavento), Renata Lipia, William Coelho e Rogério Zaghi (Osesp), Moreira de Acopiara, Donny Correia, entre outros.

Ainda no formato live, a plataforma #CulturaEmCasa também lançou no dia 29 de junho, o programa #DiálogosNecessários, que reúne pensadores e profissionais de diversas áreas para reflexões plurais com abordagens diversificadas e antagônicas. Os encontros são moderados pelo ensaísta e professor de Literatura João Cezar de Castro Rocha e pelo jornalista Martim Vasques da Cunha. E de setembro a outubro, a plataforma exibiu o #SPGastronomia com lives de renomados Chefs, como André Boccato, Morena Leite e Mohamad Hindi.

Programação:

ViradaSP Online Batatais

Dia 9 de janeiro

12h: Hora da História, com Luiz Fernando Trentin – Gravado/ Atração local

13h: Raiz Samba 6 – Gravado/ Atração local

13h: The Soul Power

14h: O Rato no Muro, com Núcleo de Teatro Evoé- Gravado/Atração local

15h: Que Bloco é Esse – Gravado/ Atração local

16h: Sérgio Reis – Ao Vivo TSC

17h30: Do Fundo do Baú: A História de José Olimpio, com Grupo Teatral Athos de Rua- Gravado/Atração local

18h: Sarau: carta a um bebê que nasce, com Aline Bei + Marina Melo + Natasha Félix – Ao Vivo TSC

19h30: Mostra de curtas “Meu Primeiro Filme” – José Adalto Cardoso/ Gravado/ Atração local

20h30: Caio Bendasoli- Gravado/Atração local

21h30: Du Caiçara – Gravado/Atração local

22h30: Teatro Mágico – Ao Vivo TSC

00h: Luana Flores – Ao Vivo Remoto

Serviço:

Plataforma:

https://www.culturaemcasa.com.br

Redes Sociais:

https://www.facebook.com/culturaemcasasp/

https://www.instragram.com/culturaemcasasp/

https://twitter.com/culturaemcasasp