Evento será nesta quinta-feira, 5, às 19h30, na sede da Mongeral, no Setor Nova Suíça

nayrus 003

Durante séculos, o sexo para a mulher foi visto apenas como forma de reprodução. Mas, conforme as mulheres foram conquistando seu espaço, isso mudou.  Tanto que a sexualidade já é reconhecida pela Organização Mundial de Saúde como um dos pilares da qualidade de vida feminina.

Todavia, mesmo com tanto acesso à informação, os tabus e preconceitos sobre o tema ainda persistem nos nossos dias. Para se ter uma idéia, a dor na hora da relação sexual – causada muitas vezes pelo medo e estresse excessivo – é um problema afeta de 3% a 5% da população feminina.

Para orientar corretamente, desmistificar mitos e potencializar a sexualidade feminina, o Clube Zamis de Mulheres Empreendedorasrealiza um coquetel, nesta quinta-feira, 5 de maio, com palestra da fisioterapeuta uroginecológica, Nayruz Jradi. A idealizadora do clube, Ethienne Araújo, explica que escolheu o tema, pois “percebe que a mulher moderna está mais preocupa com a saúde e em busca de novos elementos que possam contribuir para a qualidade da vida sexual, e, consequentemente, de prazer”.

No encontro, Nayruz falará sobre disfunções sexuais, a importância do sexo para união do casal e ainda ensinará algumas técnicas da fisioterapia íntima para aprimorar a relação. “A sexualidade é parte integrante da saúde, qualidade de vida e bem-estar do ser humano. Uma vida sexual plena promove aumento da autoestima, do desejo sexual e consequentemente melhora da excitação, por isso não podemos deixar o assunto de lado”, afirma a fisioterapeuta uroginecológica. (Flávia Moreno)