Palestras e mesa redonda, com participação de importantes profissionais ligados à área de saúde sexual, acontece na terça (04|09), a partir das 18h, no auditório do Centro de Excelência do Esporte (UEG | Esefego). A organização é do Núcleo de Estudos de Fisioterapia e Atividade Física em Obstetrícia – NEFAFO|UEG

Dia 04 de setembro é considerado o Dia Mundial da Saúde Sexual. Como este tema e sua abordagem afeta a vida das pessoas, é tema do encontro – palestras e mesa redonda –  “Sexualidade: rompendo tabus”, organizado pelo Núcleo de Estudos de Fisioterapia e Atividade Física em Obstetrícia – NEFAFO, da Universidade Estadual de Goiás (UEG). O evento acontece na terça (04|09), no auditório do Centro de Excelência do Esporte (UEG | Esefego), a partir das 18h, e conta com uma apresentação de Vogue Dance e participação de importantes profissionais ligados à área de saúde sexual.

Em meio a inúmeros “tabus” que ainda margeiam o consciente e o inconsciente coletivo, foram escolhidos alguns temas sempre prementes e necessários de abordagem, de forma a estimular a ampla reflexão e a redução dos preconceitos. A “Sexualidade Infantil” será trazida pela psicóloga Karen Esber; a “Sexualidade na homossexualidade”, é tema abordado pelo médico ginecologista e sexólogo André Márquez, ambos professores da Universidade Federal de Goiás (UFG)

A psicóloga, mestre em Saúde Mental, ativista política e presidente da Astral (Associação de Travestis, Transexuais e Transgêneros de Goiás), transexual, cirurgiada, Beth Fernandes, fala sem tabus sobre “Transexuais: o direito de exercer sua sexualidade”.  Tema complexo e muito contemporâneo, e que, infelizmente, têm feito o país a figurar entre os que mais violentos quanto aos diretos das pessoas homossexuais.

“Os tabus na sexualidade feminina, como rompê-los?” é a abordagem da coordenadora da NEFAFO e organizadora do evento, a fisioterapeuta pélvica e professora da UEG, Nayruz Jradi. “O machismo é algo tão brutal que segue impondo perfis e ideais para as mulheres que interferem diretamente na sua sexualidade”, explica.

Tema que envolve diretamente os estudantes universitários e educadores, especialmente da UEG, também será debatido no encontro Sexualidade: rompendo tabus. O sociólogo e coordenador da área de Direitos Humanos e Diversidade da UEG, Rezende Bruno Avelar traz informações sobre “A politica acadêmica na diversidade sexual da Universidade Estadual de Goiás”.

Apesar de serem o sexo e a sexualidade serem cada vez mais “tratados com naturalidade”, nas mais variadas mídias, sejam elas sociais, TV ou cinema; os debates francos e abertos não são cotidianos. “Muitas pessoas, pais, mães, educadores; jovens ou adultos, ainda têm medo ou dificuldade de expressar sua sexualidade, daí o grande desconhecimento, as violências e os preconceitos com os quais nos deparamos. Esperamos que este seja o primeiro encontro e contribua para ajudar a realmente rompermos tabus”, destaca Nayruz Jradi.

“Sexo é saúde. Sexo é vida. Sexo é bem viver. Um ato tão natural, constituinte das relações entre a maioria dos seres viventes, ainda é marcado por tabus, fato que nos motivou a organizar a primeira edição deste encontro”, completa a coordenadora.

Vogue Dance

O encontro Sexualidade: rompendo tabus conta ainda com uma apresentação de Vogue Dance, com Lucas Syuga, professor pioneiro do estilo em Goiás, Gleyde Lopes de Souza e Flávio Henrique Guimarães Silva. A contribuição é de R$ 15,00, investimento que será destinado à NEFAFO. É direcionado aos estudantes da UEG, mas aberto ao público em geral, mediante lotação do auditório do Centro de Excelência do Esporte.  (Janaina Artes do Corpo e Comunicação)

Sexualidade: rompendo tabus

Palestra e mesa redonda

Data: terça (04 de setembro 2018)

Horário: a partir das 18h

Local: Auditório do Centro de Excelência do Esporte

Inscrições: R$ 15

Inscrições: Lays: (62) 9 9959-0891, Gabriella: (62) 9 9991-0115, Pamela: (62) 9 8118-8561 ou  Nayara: (62) 9 9664-1093